Aidan Gillen,

RESENHA [TV] : Game of Thrones S03E01

16:23 Marlo George 1 Comments

Série: Game of Thrones (2013)
Temporada: Terceira
Episódio: 01
Título: Valar Dohaeris
Diretor: Daniel Minahan
Elenco: Lena Headey, Peter Dinklage, Maisie Williams, Michelle Fairley, Emilia Clarke, Alfie Allen, Iain Glen, Kit Harington, Sophie Turner, Jack Gleeson, Aidan Gillen, Isaac Hempstead Wright, Richard Madden
Duração: 60 min.
Exibição: 31/03/2013


Confesso que mau podia esperar para assistir ao primeiro episódio da nova temporada de Game of Thrones. Foi mais um ano longo que enfim terminou.

Bem, nas próximas 10 semanas estaremos aqui no Poltrona Pop resenhando e acompanhando as novidades desta, que já é, a série preferida de 9 entre 10 amantes de ficção de fantasia.

Valar Dohaeris

Dizer que o trabalho da HBO é impecável é chover no molhado. Após todos estes anos a empresa se notabilizou como a mais competente no que diz respeito a produção para televisão. Enquanto aqui no Brasil alguns canais mequetrefes da TV aberta continuam empurrando na audiência de classe média burra sua programação datada e sem graça, a HBO mete o pé na porta e mostra pra Deus e o mundo como é que se faz televisão. E assim foi, novamente, com este primeiro episódio da terceira temporada de Game of Thrones. Tudo bonitinho, no lugar certo. Roteiro de primeira, direção de arte caprichada, elenco afiado, enfim, tudo conforme o gosto dos exigentes fãs da série.

Tyrion, Bronn e Podrick. Voltando com tudo. (Divulgação)

A história recomeça justamente do ponto onde havia parado, com Samwell Tarly (John Bradley) no meio da neve emboscado pelos outros (espécie de mortos-vivos que são fruto de alguma maldição ainda não explicada na saga). Salvo por seus companheiros, Tarly é admoestado por seu superior, Jeor Mormont, por não ter enviado os corvos que avisariam da invasão dos outros aos "corvos" que ainda vigiavam a fronteira do mundo na gigantesca muralha. A série já começa situando o telespectador na história, e com uma cena de ação, à exemplo da temporada anterior que começou com um embate entre o Cão de Caça e um outro cavaleiro em King´s Landing.

Mance decepcionou. (Divulgação)
Confesso que fiquei um pouco decepcionado com a apresentação da personagem Mance Rayder (Ciarán Hinds) na TV. No livro a mesma tem um impacto impressionante e logo de cara você se apaixona pela personagem, mas na telinha eu não tive a mesma impressão. Achei que foi uma apresentação de personagem morna e "burocrática". Pelo menos pudemos ver pela primeira vez o rosto do Senhor dos Ossos.

Tyrion Lannister (Peter Dinklage) teve uma participação curta neste episódio, mas mesmo assim roubou a cena outra vez, principalmente na reunião que o Duende teve com seu pai Tywin (Charles Dance). Quem já teve a oportunidade de ler o livro em que a série foi baseada sabe quais implicações a recusa do velho leão ao pedido de seu filho irão acarretar. E falando em Lannister não posso deixar de citar ela, a rainha regente, Cersei. A cena de Lena Headey e Peter Dinklage foi um dos pontos altos deste episódio. Da forma como atuam, dá pra sentir o ódio que ambos nutrem um pelo outro.

Outra cena maravilhosa foi a ousadia de Margaery Tyrell (Natalie Dormer) ao sair da liteira, enquanto a corte voltava do septo, e ir ter com os órfãos da Batalha da Água Negra. Tal atitude certamente mostra o quão forte é a personagem e, numa corte como a de westeros, esta ousadia irá reverberar nos ouvidos dos "jogadores do trono" de forma afinada para uns e dissonante para outros. Vamos esperar pra ver o que acontece.

Daenerys e seu exército de imaculados. (Divulgação)
No núcleo Targaryen da história, pudemos voltar a ver a majestosa Daenerys (Emilia Clarke) navegando para a misteriosa ilha de Astapor, para comprar um exército de imaculados. Ela acaba tendo um encontro inesperado com o antigo chefe da guarda real, na época de seu pai, Barristan Selmy (Ian McElhinney). Quanto aos dragões, o que dizer? Que trabalho da equipe de efeitos especiais. Sempre considerei que o dragão mais legal que eu já tinha visto na vida, em um filme, era o de Harry Potter e o Cálice de Fogo, mas já estou começando a achar que Drogon e seus irmãos irão tirar este título do Rabo-Córneo Húngaro da saga do bruxinho.

(Divulgação)
Tivemos outras cenas legais, como a do encontro entre Mindinho (o ótimo Aidan Gillen) e Sansa Stark (Sophie Turner) e a transformação de Davos (Liam Cunningham) de naufrago para prisioneiro em Pedra do Dragão, mas também tivemos algumas ausências. Não tivemos notícias de Bran (Isaac Hempstead Wright), Rickon (Art Parkinson) e Osha (Natalia Tena), assim como de Jamie Lannister e Brienne (Nikolaj Coster-Waldau e Gwendoline Christie, respectivamente). Também não vimos Varys (Conleth Hill), o que foi uma pena, pois adoro as cenas em que ele exibe toda a sua "malandragem".

Foi um ótimo início de temporada, que já me deixou ansioso pelo próximo fim de semana. Nos vemos na semana que vem.








Um comentário:

  1. Todas as temporadas desta historia estão sendo incríveis. Adorei Guerra dos Tronos serie, conta uma trama extraordinária. é muito fiel aos livros, espero ansiosamente a seguinte temporada. Pelos resumes que li, Game of Thrones 7 promete muito para o espectador e espero que assim seja. Deixe de ver a serie há um tempo, mas acho que a voltarei a ver. Achei muito interessante a maneira em que terminou a última temporada por todos os spoilers. Acho que as atuações foram muito boas, é uma das minhas serie preferidas.

    ResponderExcluir