Crítica Cinema

CRÍTICA [CINEMA] : Velozes & Furiosos 6, SEM SPOILERS

20:06 Marlo George 0 Comments

Data de lançamento: 24/05/2013
Estúdio: Universal Pictures
Direção: Justin Lin
Roteiro: Chris Morgan
Elenco: Vin Diesel, Paul Walker, Dwayne Johnson, Jordana Brewster, Michelle Rodriguez, Tyrese Gibson, Sung Kang, Gal Gadot, Chris "Ludacris" Bridges, Elsa Pataky, Luke Evans, Gina Carano
Gênero: Ação, Suspense
Duração: 130 minutos
Origiem: EUA
Cena Pós-créditos: SIM

Sinopse: Hobbs, Dom e Brian devem reunir sua equipe para derrubar um criminoso que comanda uma organização de motoristas mercenários presente em 12 países. O Pagamento? O indulto de toda a equipe.

(Divulgação. Universal Pictures)
Rob Cohen e John Singleton começaram a brincadeira, mas só com Justin Lin, que assumiu a franquia no terceiro longa, "Velozes & Furiosos - Desafio em Tóquio", que estes filmes sobre uma equipe de motoristas e suas máquinas envenenadas começaram a ser levados à sério. Em "Velozes & Furiosos 6", o diretor de Taiwan elevou o nível à décima potência e nos brinda com um filme excitante, direto, extravagante,  mas principalmente consistente.

Neste novo filme, Dominic Toretto (Vin Diesel) e seu melhor amigo Brian O'Conner (Paul Walker) estão vivendo a vida mansa após terem embolsado milhões em sua última aventura, que se passa no Brasil. Enquanto O´Conner está feliz (ele se torna papai neste filme) com sua mulher Mia (Jordana Brewster), Dom Toretto está tentando refazer sua vida com Elena (Elsa Pataky), após a morte de Letty. Tudo continuaria calmo se não fosse uma visita inesperada: Luke Hobbs (Dwayne "The Rock" Johnson) vai ao encontro de Dom com uma informação que viraria sua vida de cabeça pra baixo.

Letty está viva! E na ativa!

Sabendo disso, Dom reúne sua equipe mais uma vez e eles partem um busca de sua ex-integrante e de um gênio do crime, Shaw (Luke Evans), que lidera um grupo de mercenários motorizados.

Letty está viva! (Divulgação. Universal Pictures)
Daí em diante podemos nos deliciar com pegas e rachas vertiginosos, explosões, tiros e lutas incrivelmente bem coreografadas, que vão deixar qualquer fã de filmes de ação com um sorriso no rosto. Confesso que senti algo que não sento a muito tempo assim que a sessão acabou. Bateu uma louca vontade de assumir o volante de um possante e sair rabiando por aí. Sábia a decisão da Universal de por um aviso de que as cenas de ação e de direção irresponsável foram feitas por profissionais em ambientes controlados.

Falando em luta, Dwayne Johnson mostra neste "Velozes & Furiosos 6" que experiência no ramo é tudo. Todas as cenas de luta do filme são incríveis, mas elas se tornam especiais quando ele está envolvido, pois ele aplica algumas técnicas próprias do pro-wrestling que dão um, como dizer, tempero à mais na porradaria. Jamais gostaria de estar na pele de Shaw, quando os dois saem no tapa no final do filme.

Legais também são as piadinhas e citações referentes aos filmes anteriores, em especial ao que se passa no Rio de Janeiro, quase todas feitas pela dupla Roman e Tej - Tyrese Gibson e Chris 'Ludacris' Bridges, respectivamente.

Cenas de ação de tirar o fôlego. Clichê, mas verdadeiro. (Divulgação. Universal Pictures)
Diante do que foi dito, recomendo que você vá ao cinema assistir "Velozes & Furiosos 6". Aproveite que é uma estreia simultânea com os EUA, coisa cada vez mais rara, vide "O Homem de Aço", "O Massacre da Serra Elétrica 3D", entre outros. Enfim! Assista este filme e seja mais feliz.

     Avaliação: Bom

Marlo George assistiu, escreveu e não sabe dirigir, para o bem de muitos e felicidade geral da nação.


Trailer

0 comentários: