Aidan Gillen,

RESENHA [TV] : Game of Thrones, S03E08

19:36 Marlo George 0 Comments

Série: Game of Thrones (2013)
Temporada: Terceira
Episódio: 08
Título: Second Sons
Diretor: Michelle MacLaren
Roteiro: George R. R. Martin
Elenco: Lena Headey, Peter Dinklage, Maisie Williams, Michelle Fairley, Emilia Clarke, Alfie Allen, Iain Glen, Kit Harington, Sophie Turner, Jack Gleeson, Aidan Gillen, Isaac Hempstead Wright, Richard Madden, Thomas Brodie-Sangster, Richard Dormer, Mark Drake, Nathalie Emmanuel, Ciarán Hinds, Kristofer Hivju, Rhys Howells, Philip McGinley, Hannah Murray,
Duração: 60 min.
Exibição: 19/05/2013


O oitavo episódio da terceira temporada chegou e o clima anda tenso em Westeros. O amor não está no ar, mas a temporada de casamentos parece ter começado, no último episódio do mês das noivas. Edmure Tully irá se casar nas Gêmeas com uma das filhas de Lord Frey e o assunto é o mais comentado pelos camponeses. Já em Porto Real o casamento de Tyrion Lannister e Sansa Stark ..... Em breve teremos o aguardado, pelo menos para a noiva, casamento real entre Joffrey Baratheon e Magaery Tyrell e, se depender de Daario Naharis, Dany pode deixar o luto para viver um grande amor.

Second Sons

O episódio já começa com mais uma atuação brilhante da menina Maisie Williams. Sua Arya Stark vai amadurecendo como personagem, assim como a atriz em sua performance, a cada episódio. Não há como não amar Arya.

Logo depois temos um encontro com três novos personagens: Mero, mais conhecido como "o Bastardo do Titã" (Mark Killeen), Daario Naharis (Ed Skrein) e Prendahl na Ghezn (Ramon Tikaram). Quando Daenerys percebe que os tais "amigos poderosos" sobre os quais o líder de Yunkai se referiu no epísódio anterior, nada mais eram que mercenários, ela marca uma reunião com Mero, que seria o líder destes, para propor um acordo mais generoso que aquele feito pelo yunkaítas. Tudo que acontece após este encontro está bem diferente do que está no livro. Em "A Tormenta de Espadas", Mero pede como recompensa por seus serviços um vagão de vinho. A filha da tormenta oferece o que foi pedido e espera que os homens de Mero, e ele próprio estejam bêbados o suficiente e os ataca. Mero foge durante os distúrbios e os Segundos Filhos elegem um novo líder, Ben Plumm, mais conhecido como Ben Mulato (que ainda não deu as caras na série de TV). Outra coisa que está bem bem diferente é o visual de Daario Naharis. Onde estão a barba e os cabelos azuís?

Prendahl, Mero e Daario. (Divulgação)
Falando em Daario, ele não pertencia aos Segundos Filhos, assim como Prendahl, e sim aos Corvos Tormentosos, que se uniram à Dany quando da tomada de Yunkai. Ele era um dos três capitães dos Corvos  (os outros dois eram Prendahl e Sallor, o Calvo) e matou os outros dois "por divergências filosóficas" após se apaixonar pela mãe dos dragões.

Dany e Verme Cinzento (Divulgação)
Em Porto Real está tudo preparado para o casamento de Tyrion Lannister e Sansa Stark. Ainda confuso sobre como proceder na noite de nupcias, o anão mais sagaz de todos os tempos só vê uma solução: Se entupir de vinho. Em Westeros existe um costume que consiste em despir a noiva após a cerimônia de casamento para que a primeira vez do casal seja assistida pelos convidados. Isso acontece, no livro, em outro casamento, mas não vamos estragar a surpresa, pra você que não leu os livros ainda. Joffrey, que odeia seu tio diminuto não perde tempo e propõe que o casal faça uso desta tradição, mesmo que à força. Mas Tyrion é salvo pelo seu pai, que já tinha passado vergonha demais naquele dia e decide por um fim naquele teatro grotesco. Já pensou se o anão, famoso por sua devassidão brochasse em frente à corte?

Tyrion Lannister meteu o pé na jaca neste episódio.
Cersei também teve destaque no casamento e, ao sentir que estava sendo "seduzida" pela futura nora, a ameaça contando uma historinha famosa de Westeros (que já havia virado canção e tudo) sobre como os Lannisters lidam com aqueles que querem "enrolar-los". O comentário final desta conversinha foi considerado por mim "O Texto mais F*dã* do Episódio".

Como havíamos profetizado na resenha do episódio anterior, rolou a transa entre Melisandre e o coitado (literalmente) do Gendry. Na verdade não foi só uma transa, mas praticamente uma suruba entre o bastardo do rei, a mulher vermelha e três inocentes sanguessugas. Tudo com direito à "macumbinha" ao estilo do Deus Vermelho, no final. O que será que estará reservado aos três citados durante o ritual que Melisandre realizou nesta cena, heim? Nós sabemos! Só não vamos contar... ainda.

Stannis e Melisandre. Tensão sexual no ar.
Senti falta de Brienne e Jamie Lannister. Tomara que eles voltem a aparecer no próximo e longínquo episódio (só daqui duas semanas, pô). Os atores estão, como já disse, com uma química tão legal que em breve deve rolar uma comédia romântica com os dois no cinema...

Estou brincando, mas se rolasse seria no mínimo engraçado.

Não senti nenhuma falta do Bran e sua turma. Está chato demais este núcleo e eu não vejo a hora deles chegarem à Castelo Black. Coisas legais acontecem por lá com eles.

E o final do episódio foi fenomenal, com Sam encontrando coragem e matando um dos caminhantes brancos (aquele do final da temporada passada, que matou todo mundo de medo) para proteger sua amada e o bastardo dela. Finalmente ele provou que tem bagos. Já não era sem tempo.

Marlo George assistiu, escreveu e vai matar um sanguessuga, na brasa, para cada um dos executivos da HBO que decidiram adiar a série. Cães Sarnentos...

0 comentários: