Blood Lad,

CRÍTICA [ANIME] : Blood Lad, de Shigeyuki Miya

15:00 Marlo George 4 Comments

Título: Blood Lad
Gênero: Comédia, Supernatural, Vampiro
Escrito por: Yuuki Kodama
Estúdio: Brain's Base
Produtora: Kadokawa Shoten
Diretor: Shigeyuki Miya
Supervisor do script: Kenji Konuta
Character Design: Kenji Fujisaki
Data de estréia: 07/07/2013
Emissora: tvk, TVS, Tokyo MX, CTC, SUN, BS11 e outras

Sinopse: Vampiro do Makai se apaixona por menina que morre e se transforma em um fantasma. Decidido, o vampiro busca ressuscitar sua amada.

Blood Lad

Quem me conhece sabe que eu curto desenhos japoneses.

O que me fascina nestas produções são o cuidado com o roteiro, a construção das personagens, a dinâmica do estilo de animação e aqueles olhões penetrantes que nos hipnotizam a décadas.

Entretanto, já tem bastante tempo que eu não me dedico a este tipo de entretenimento e uma das principais razões é a falta de inspiração que acometeu os roteiristas e mangá-kas nos últimos anos. Para que surjam animes legais é preciso que sejam criadas séries de mangás que sejam divertidas, emocionantes, inspiradas...


Blood Lad, anime baseado no mangá de Kodama Yuuki, é uma das raras animações atuais que é realmente divertida, emocionante. Enfim, inspirada.

Abaixo segue um resumo do episódio repleto de spoilers. Não leia caso não queira saber mais sobre Blood Lad antes de assistir o episódio. Você pode pular o texto com spoilers (que está na cor verde) e ler o resto da resenha (em branco) logo abaixo.

--- A ÁREA DE SPOILERS COMEÇA AQUI ---

Staz é bem sinistro. Mas é Nerd!
O primeiro episódio do anime (que vai ao ar hoje pela emissora de TV japonesa TVK) engloba o primeiro e segundo capítulo do mangá e conta a história de Charlie Staz, um vampiro adolescente um pouco diferente dos demais. Staz não se interessa em sair por aí chupando pescoços de menininhas incautas, ao invés disto, suas obsessões são os animes, mangás e tudo o mais que pertença ao universo otaku (título pelo qual os fãs de desenhos japoneses costumam gostar de ser tratados). E assim ele vai vivendo a vida, lendo gibis, assistindo desenhos animados, jogando videogame, enquanto administra um dos territórios do "inferno".

Sim, Staz é o chefe de um dos territórios do Makai, que na mitologia nipônica é uma terra habitada por youkais (seres do plano "espiritual" que erroneamente são confundidos com demônios pelos ocidentais).


Yanagi é o sonho de Staz.
Como chefe de território Staz precisa manter a postura e seu domínio. Para isso ele conta com um de seus mais leais servos: Deku, um youkai que um belo dia, captura uma humana que estava perdida pelo território de Staz. Quando Staz fica sabendo disso, manda que Deku lhe envie a garota imediatamente. Afinal, ela era uma das conterrâneas dos criadores de tudo que ele amava na vida. Assim, Yanagi Fuyumi, entra na história, e na vida de Staz. O vampiro se apaixona assim que deita os olhos na garota e, apesar de se sentir atraído pelo sangue dela, decidi que não a irá fazer mal. O amor é lindo.

O problema é que, em meio à tudo isso, Staz é desafiado por um youkai que pretende matá-lo e tomar seu território. A pedido de Yanagi, Staz deixa o conforto de seu apartamento e, após uma chegada triunfal, despacha a criatura e seus asseclas (plantas carnívoras que só eram cultivadas no sul do Makai). Staz então volta ao seu apartamento e descobre que o Youkai, tinha enviado uma das plantas carnívoras ao seu apartamento e que a maldita planta havia comido Yanagi. Staz se desespera e vê sua chance de se relacionar com uma mortal ir embora. Ele estava tão fora de si que não havia notado que Yanagi estava sentada em sua cama, nua e um pouco confusa. Sem saber o que havia acontecido, Staz presumi que o esqueleto que encontrou nas entranhas da planta carnívora era de outra pessoa, mas Deku o explica que os mortais, quando mortos no Makai, se tornam fantasmas.

Assim sendo, Staz decidi que irá trazer Yanagi de volta à vida de qualquer jeito, nem que ele tenha que abandonar seu território e tudo o que tinha.

--- A ÁREA DE SPOILERS TERMINA AQUI ---

Com erotismo sutil e roteiro que trata do tema "inferno" sem exageros, Blood Lad não é apelativo como Aika ou Burn-Up Excess e ou filosófico demais como Neon Genesis Evangelion. O anime tira um sarro de obras como a Saga Crepúsculo e Sangue Quente (que originou o filme "Meu Namorado é um Zumbi", qual o personagem principal é muito parecido com Staz) e ainda faz várias referências a outros animes como Dragon Ball e Sailor Moon. Qualquer um que já foi ou é adolescente e curte uma "nerdice" irá facilmente se simpatizar e se identificar com Charlie Staz, pois ele não é um nerd estereotipado como os de The Big Bang Theory. Staz é bem crível.

É um título bacana e que merece uma conferida. O mangá já foi lançado no Brasil, pela Panini (através do selo Planet Mangá) e está atualmente no sétimo volume de nove previstos. Ainda não tem data de exibição em nosso país, e pra ser sincero, nem acho que o será algum dia, mas você pode encontrá-lo on-line com legendas em português, basta procurar com carinho nos sites de busca que você o encontra.

As artes promocionais de Blood Lad arrasam!
Não iremos fazer resenhas dos capítulos, mas ao final da temporada prometo fazer uma matéria completa sobre esta série que pode ser a responsável pelo meu retorno ao mundo "zoiúdo" das produções japonesas.

     Avaliação: Ótimo

Marlo George assistiu, resenhou e tem uma olheira maior que a do Staz.

TRAILER

4 comentários:

  1. Vampiro otaku....
    pqp! xDDDDDDD
    Talvez eu baixe, só pela graça de ver o que tu vai falar depois Marlo!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Hahahah!!! Eu vou dar um voto de confiança pro Marlo... Até pq eu não assisti... Mas que parece ser bem engraçado... (KJM)

    ResponderExcluir
  3. Pode baixar sem medo The Fool. Quando a temporada terminar vou mandar uma matéria que tenho certeza será 8 ou 80.

    ResponderExcluir
  4. Assim como noragami, eu comecei a assistir pelo personagem principal em um vídeo de animes on crack aleatorio e pa, acavei curtindo haha. Deu pra tirar umas boas risadas.

    ResponderExcluir