Crítica Cinema

CRÍTICA [CINEMA] : Meu Malvado Favorito 2, de Chris Renaud e Pierre Coffin

14:43 Marlo George 0 Comments

Data de lançamento: 05/07/2013
Estúdio: Universal Pictures
Direção: Chris Renaud, Pierre Coffin
Roteiro: Cinco Paul, Ken Daurio
Elenco: Steve Carell, Kristen Wiig, Miranda Cosgrove, Russell Brand, Steve Coogan, Ken Jeong, Benjamin Bratt
Gênero: Animação, Aventura Comédia
Duração: 98 minutos
Origiem: EUA
Cenas Extras: Durante os créditos

Sinopse: Gru é recrutado pela Liga Anti-Vilões para ajudá-los a deter um novo super vilão que está agindo disfarçado em um shopping center.

Meu Malvado Favorito 2 é a sequência de uma animação que foi sucesso, tanto de público quanto de crítica, em 2010. As chances de eu me decepcionar com este novo filme eram grandes, pois em diversas ocasiões fiquei frustrado ao assistir continuações de obras que eu amava. Foi assim com Highlander 2 : The Quickinig, Matrix Reloaded, Meninas Malvadas 2, Caça-Fantasmas 2, entre outros. Isso aconteceu tantas vezes que passei a acreditar que se passa de uma maldição, que acomete algumas sequências de vez em quando: "A maldição do filme 2".

Gru e as meninas estão de volta! Em ótima forma. (Universal Pictures)
Mas desta vez, "A maldição do filme 2" passou longe e o que conferi no cinema foi uma sequência que faz jus ao filme original em todos os aspectos.

O roteiro de Meu Malvado Favorito 2 é bem bobinho, mas tem sacadas espertas e o saldo acaba sendo positivo. Gru, nosso vilão favorito, após abandonar a vilania, anda se dedicando a ser um bom pai. Para ganhar o pão de cada dia, o ex-vilão vem tentando tocar uma industria que fabrica geleia. Legal esse lance dele ser um empreendedor. Todo vilão empreende algo, mesmo que maléfico. Nada poderia ser mais natural para um vilão aposentado que tocar sua própria empresa.

Lucy é doida. (Divulgação - Universal Pictures)
Tudo andava tranquilo na vida de Gru, até que ele foi "sequestrado" por Lucy, uma agente da Liga Anti-Vilões, instituição do governo que pretende utilizar as habilidades de Gru para localizar e deter um novo criminoso que anda fazendo das suas por aí. Gru e Lucy passam então a procurar o tal meliante, que segundo suspeitam, age disfarçado como o dono de uma das lojas de um shopping center. Como disse acima, o roteiro não é lá essas coisas, mas faz várias referências à outras obras cinematográficas e à celebridades, tem frases de efeito bacanas e é bem amarradinho, não deixando pontas soltas. Bem, vou parar de contar o filme por aqui. Se eu contar mais pode ser que estrague a sua diversão e, como você que acompanha o Poltrona Pop já sabe, ODIAMOS SPOILERS.

O estereótipo é a regra em Meu Malvado Favorito 2 (Universal Pictures)
A animação está impressionante. As caras e bocas que os personagens fazem em Meu Malvado Favorito 2, estão além de qualquer outra obra em terceira dimensão que eu já assisti. A atenção dispensada à este detalhe faz toda a diferença. A forma dinâmica como as cenas de luta foram realizadas também são um show à parte. Legal ver centenas de Minions correndo pra lá e pra cá, todos com movimentos individuais.

O character design tinha me preocupado um pouco quando vi as primeiras imagens das novas personagens. Achei que o que Eduardo não funcionaria quando estivesse em cena, interagindo com outros habitantes do mundo de Gru. Ele estava bem diferente dos outros, como se não pertencesse àquele mundo. No final acabou funcionando, provando que tudo não passava de uma cisma minha, mesmo. Ainda falando sobre o assunto, tanto a mulher que enche o saco do Gru, tentando à todo custo arrumar uma namorada pra ele, quanto as bizarras figuras que ela tenta empurrar para o ex-vilão estão incríveis. Destaco a que ele acaba levando para jantar. É hilária, exagerada, mas você fica com a impressão de que a conhece de algum lugar. Eu conheço alguém que é igualzinha à ela, tenho certeza, só não me lembro quem...

Os dois se merecem. (Universal Pictures)
Quanto à dublagem (assisti à versão dublada em português) posso dizer que está legal. Não costumo curtir filmes dublados, mas animações dá pra engolir. Só acho dispensável a contratação de celebridades da TV brasileira. Por exemplo, Leandro Hassum volta ao papel de Gru e novamente fez um ótimo trabalho. Mas ele é um grande ator, um dos maiores humoristas da atualidade e tem personalidade. Seu Gru ficou tão extraordinário, em razão da pesquisa que foi feita para compô-lo. O sotaque escolhido, a cadência e a intonação de voz, criaram um vilão estereotipado na medida certa. Hassum é um caso à parte. Os outros, Maria Clara Gueiros, Arthur Aguiar e Sidney Magal, fizeram um trabalho que qualquer outro dublador poderia ter feito. Ainda bem que não decidiram dar os papéis daquelas que realmente roubam a cena para celebridades da TV. Agnes, Edith e Margo, as filhas adotivas de Gru, são dubladas pelas atrizes Pamela Rodrigues, Ana Elena e Bruna Laynes, respectivamente. Não tem como não se apaixonar por elas e o trabalho das dubladoras é impecável.

(Universal Pictures)
Se você já tinha curtido o primeiro, irá amar este novo filme com Gru e suas filhas adotivas. Se ainda não assistiu nenhum dos dois, pode ir ao cinema tranquilo, que nada do roteiro do primeiro filme, além do fato de Gru ser um ex-vilão que adotou três garotinhas, tem relação com esta sequência e você irá entender o filme numa boa.

Meu Malvado Favorito 2 é uma das raras sequências que se equiparam ao filme original. É tão tocante, emocionante e bonito quanto o primeiro. Vá ao cinema. Você não vai se arrepender.

     Avaliação: Ótimo

Marlo George assistiu, escreveu e é um vilão de carteirinha. Pena que ela já está vencida.

0 comentários: