Amanda Seyfried,

CRÍTICA [CINEMA] | "Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola", por Kal J. Moon

13:56 Kal J. Moon 0 Comments

Pode ir sem medo ao cinema assistir o filme "Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola", novo filme escrito, dirigido e estrelado pelo comediante Seth MacFarlane (de "Ted").

Sim, já começo esta crítica dessa forma pois, depois daquele trailer completamente sem graça e de gosto duvidoso, sinto-me na missão de tranquilizar o espectador que, como eu, ficou com uma má impressão terrível de que o filme seria apenas duas horas de pura agonia.

Muitíssimo pelo contrário! Já nos primeiros minutos, temos piadas como as que eram feitas em filmes de comédia da década de 1980 mas completamente dentro do contexto dos clássicos filmes de faroeste e com o humor ferino e afiado!

A bela direção de fotografia - capitaneada por Michael Barrett (de "Ted") - prova que o dever de casa foi feito, seguindo à risca a cartilha de filmes do gênero, contando com belas panorâmicas das planícies do Novo México.

E quem achava que o elenco não conseguiria defender tão bem o humor no Velho Oeste, errou feio pois existem momentos hilariantes como a dança comandada por Foy (Neil Patrick Harris, do seriado "How I Met Your Mother") ao som de uma tipica canção que fala do valor de um homem... que usa bigodes!


Ou então, o curioso personagem Edward (Giovanni Ribisi, de "Ted" e que também foi o irmão de Phoebe no seriado "Friends"), noivo de Ruth (Sarah Silverman, de Escola de Rock), uma prostituta que não tem relações sexuais com ele pois ambos são cristãos e querem esperar o casamento...

Muitas situações são resolvidas pelos inspirados diálogos e as gags visuais que os fãs de animações como "Family Guy", "American Dad" - dentre outras criadas por MacFarlane - já estão acostumados mas que ficam quase inacreditáveis quando executadas por atores. Atores estes que devem estar completamente entregues a mais completa desmoralização física, como Liam Neeson, Sarah Silverman e Neil Patrick Harris puderam comprovar - só assistindo para saber por que...
Isso se não contarmos as cenas que citam "De Volta para o Futuro 3" e "Django Livre", que fazem o maior sentido com partes intrínsecas da trama, sem serem gratuitas em momento algum.

Porém, nem tudo são flores. Apesar de muito engraçado, o filme ficaria muito bem sem algumas cenas completamente desnecessárias, enxugando uma boa meia hora de duração.

"Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola" pode não ser 100% redondo como "Ted" e até mesmo não ser indicado a todos os públicos mas não decepciona quando o assunto é fazer rir - algo que os roteiristas das comédias atuais parecem ter esquecido como se faz...




Kal J. Moon perdeu um duelo ao por do sol para sua própria sombra...


Data de lançamento: 18/09/2014
Direção: Seth MacFarlane
Roteiro: Seth MacFarlane, Alec Sulkin e Wellesley Wild
Elenco: Seth MacFarlane, Amanda Seyfried, Neil Patrick Harris, Charlize Theron, Liam Neeson, Sarah Silverman, Giovanni Ribisi
Cena pós-crédito: Sim! Uma dividida em duas partes!

SinopseÉ 1882, na pequena cidade de Old Stump. Depois que Albert (Seth MacFarlane) covardemente foge de um duelo, sua volúvel namorada Louise (Amanda Seyfried) o troca pelo empresário mais bem sucedido da região, o arrogante Foy (Neil Patrick Harris). Inesperadamente, porém, chega à cidade uma misteriosa e linda mulher, Anna (Charlize Theron), uma bela forasteira que ajudará Albert a encontrar sua coragem e confiança. Aos poucos eles acabam se apaixonando, mas como nada vem fácil no amargo e implacável Velho Oeste, mais problemas surgem quando o marido de Anna, Clinch (Liam Neeson), o bandido mais temido da área, chega em busca de vingança. Relutante, nosso anti-herói precisa colocar em prática sua coragem recém-descoberta para participar do duelo que lhe trará a mão de Anna e o respeito da cidade.

0 comentários: