728x90 AdSpace

  • Nerd News

    sexta-feira, 14 de outubro de 2016

    CRÍTICA [MÚSICA] | WALLS - Kings of Leon, por Andreas Cesar.

    Nunca tinha ouvido Kings of Leon antes de me propôr a fazer a crítica, então quando pesquisei sobre a banda fiquei surpreso ao descobrir que se tratava de um grupo, do Tennessee, formado por irmãos e um de seus primos. A banda é de um segmento do rock que não me chama muita atenção há um certo tempo, que é o rock alternativo, tendo sido criada em 2000.

    A proposta de fazer de uma sigla o nome do álbum, que é "We Are Like Love Songs" tornando-se WALLS, também me surpreendeu, por ser uma ideia que, apesar de antiga, não vejo há um tempo.

    Enquanto escutava o sétimo álbum da banda, WALLS, percebi que a banda sem dúvida tinha um estilo próprio, e isso é algo que eu admiro pois mostra originalidade. Entretanto, um problema desses músicos com esse estilo é que eles não divergem muito e algumas de suas músicas parecem ser a mesma. Claro que isso não acontece durante o disco inteiro, com músicas como "Find Me" que são mais singulares, por assim dizer.

    Apesar de eu achar uma banda de certo modo enjoativa e repetitiva, não posso negar que é bem original e tem um estilo de música único

    Em relação aos músicos, todos se encaixam bem na proposta da banda. Agora, o que chama atenção no disco não são as guitarras, mas sim a cozinha. O baixo de Jared Followill e a bateria de Nathan Folowill estão em completa harmonia durante o disco inteiro, dando uma base incrível para as músicas. Já as composições do disco não me surpreenderam ou emocionaram. Letras bem genéricas e em que, aí sim, não há originalidade alguma.


    O uso da guitarra de ambos Caleb Followill e Matthew Folowill me trazem uma certa decepção nos solos, que são bem fracos, se é que podem ser chamados de solos. A base das guitarras nas músicas é boa, com riffs bem bacanas. O vocalista, Caleb, é bom e consegue se adequar bem às músicas do álbum.

    Apesar de eu achar uma banda de certo modo enjoativa e repetitiva, não posso negar que é bem única e tem um estilo de música original. Seria injusto dar uma nota baixa pelos caras fazerem aquilo pelo qual são famosos, e bons, em fazer. "WALLS" não é um disco que me marcou e não creio que vá ficar na história como um grande álbum.

    Andreas Cesar ouviu, criticou, mas já não lembra de grande parte do álbum, muito parecido...
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    8 comentários:

    1. Eu parei no "nunca ouvi kings of leon"
      Ouve a discografia, a história da banda, o filme deles etc. Pior matéria que li sobre eles em toda a minha vida. Para com esse micão.

      ResponderExcluir
    2. Alguem demite esse Andreas Cesar

      ResponderExcluir
    3. querido Andreas por favor nos indique duas bandas de rock "aternativo" que sejam melhores ou iguais ao Kol nos ultimos 10 anos. KOL nos lembra o melhor do Rock, depois da era GRunje, se permita apreciar o melhor do momento tenho certeza que vc vai mudar de opinião

      ResponderExcluir
    4. Que pedra foi essa que vc fumou?!

      ResponderExcluir
    5. Porquê que uma pessoa se dá ao trabalho de avaliar algo que nunca ouviu e que não tem nenhuma empatia com o género?

      ResponderExcluir
    6. o cara com certeza é fã de algum gênero ou vertente do rock... aí colocaram ele como crítico de rock. Quando vai analisar algo que não conhece ou tem empatia, produz um review tendencioso e pobre.

      ResponderExcluir
    7. Vocês acharam essa crítica ruim? É porque não leram essa aqui do G1: http://g1.globo.com/musica/noticia/2016/10/kings-leon-aposta-em-rock-direto-e-meio-bon-jovi-com-walls-g1-ouviu.html

      ResponderExcluir
    8. o cara nunca ouviu a banda e quer fazer uma resenha ..

      ResponderExcluir

    Item Reviewed: CRÍTICA [MÚSICA] | WALLS - Kings of Leon, por Andreas Cesar. Rating: 5 Reviewed By: Andreas Cesar
    Scroll to Top