728x90 AdSpace

  • Nerd News

    terça-feira, 31 de outubro de 2017

    DOK LEIPZIG | Filme brasileiro é exibido no mais antigo festival de documentários

    Quando a liberdade parece mais uma prisão. Esse é o mote de "Corpo Delito", filme dirigido por Pedro Rocha, que está sendo exibido no Dok Leipzig, um dos principais e mais antigos festivais de documentários do mundo, desde 30/11/2017, na Alemanha.

    No longa, Ivan (Ivan Silva), de 30 anos, acaba de sair da cadeia depois de cumprir uma pena de oito anos. De volta ao convívio da esposa, Gleice (Gleiciane Gomes), e a filha, Glenda, ele ganha a chance de retomar a sua rotina aos poucos, já que está em regime de liberdade condicional e sendo vigiado através da tornozeleira eletrônica, que o proíbe de ter uma vida noturna e de fazer trajetos não autorizados pela justiça. À medida que o tempo passa, Ivan se incomoda cada vez mais com a liberdade limitada e oscila constantemente entre o dever de ficar em casa e o desejo de ganhar as ruas. As lembranças da juventude aventureira ganham ainda mais força com a presença de Neto, um jovem de 18 anos que leva a mesma vida que de Ivan, antes do seu encarceramento. Nas horas vagas, os dois curtem a semiliberdade de Ivan fumando maconha, ouvindo rap e assistindo a filmes de ação na TV. Ivan ainda é atraído pelas festas e pelas aventuras da cidade, mas depois de oito anos preso, ele também já sabe que violar a lei tem um preço alto.


    "'Corpo Delito'" é um filme híbrido, que se vale tanto de recursos do documentário observacional quanto do roteiro de ficção. O conflito e a tensão dramática do filme conduzem essa experiência aos moldes da ficção, enquanto a irregularidade de tal curva lembra ao espectador de que ele está diante de uma matéria estranha, frequentemente aquém do que se espera de uma ficção propriamente dita. A estética adotada tenta potencializar a experiência de encontro do espectador com o protagonista - um homem com um passado criminoso sobre quem todos formularão opiniões e julgamentos, ao mesmo tempo em que descobrirão que o desconhecem profundamente", explica o diretor.

    A contradição de uma liberdade monitorada intensifica ainda mais este conflito. Dirigido por Pedro Rocha e roteirizado por Diego Hoefel, o longa chega aos cinemas em 07/12/2017 pelo Projeto Vitrine Petrobras. Antes disso, o filme será exibido na Mostra Contemprânea Brasileira do Forumdoc.Bh, que acontece em Belo Horizonte de 23/11 a 03/12/2017.

    Fonte: Vitrine Filmes (via press-release)
    • Comente no site
    • Comente no Facebook

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: DOK LEIPZIG | Filme brasileiro é exibido no mais antigo festival de documentários Rating: 5 Reviewed By: Kal J. Moon
    Scroll to Top