Oscar 2020,

OSCAR 2020 | Veja quem foi esnobado nas indicações deste ano

15:06 Marlo George 0 Comments

Saiu a lista do Oscar 2020, que você pode conferir neste link, e com a divulgação dos indicados ao maior prêmio do cinema foram feitas algumas justiças, mas também algumas injustiças. O número de indicados de cada categoria é limitado, e algumas obras e talentos acabam ficando de fora, mesmo tendo plena condição de ter figurado na lista de melhores do ano.

Vamos então aos "Injustiçados do Oscar" (ou seria melhor chamá-los de "Esnobados do Oscar"?):



ROCKETMAN

Taron Egerton alçou o status de ator completo por seu desempenho em Rocketman,cinebiografia da lenda da música Elton John. O filme é belamente bem realizado, o que já poderia render uma indicação para o diretor Dexter Fletcher, mas o verdadeiro esnobado foi Egerton, que não só interpretou Elton John, mas "se tornou" o cantor, num trabalho dramático raramente visto. Egerton merecia pelo menos uma indicação, especialmente depois da ridícula e desmerecida adulação que foi feita no ano passado do filme Bohemian Raphsody, que levou o Oscar de Melhor Filme e Melhor Ator, para Rami Malek.


O FAROL

A única indicação, na categoria Melhor Fotografia para Jarin Blaschke é um indicativo de que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood não prestou a atenção devida ao filme de Robert Eggers. O Outro Robert, o Pattinson, realmente não precisava ser indicado ao Oscar de Ator Coadjuvante, mas Willen Dafoe deveria ter sido indicado pelo soberbo trabalho realizado. O filme também poderia ter levado uma indicação para Melhor Filme, mas o mundo não é perfeito.



MEU NOME É DOLEMITE

Preferido do nosso editor, Kal J. Moon, Meu Nome é Dolemite traz de volta ao mainstream Eddie Murphy, que andava meio sumido. A principal esnobada foi a ausência de Wesley Snipes entre os indicado à Melhor Ator Coadjuvante, pois ele realmente se entregou nesse longa. O filme poderia ter sido indicado ainda em Melhor Figurino e Direção de Arte.



DOIS PAPAS

Fernando Meireles deveria estar entre os indicados à Melhor Diretor (poderia substituir perfeitamente Bong Joon Ho, do superestimado filme sul-coreano "Parasita"), mas o filme do brasileiro levou três indicações, justíssimas, de Melhor Ator para Jonathan Price, Melhor Ator Coadjuvante para Anthony Hopkins e de Melhor Roteiro Adaptado.




O IRLANDÊS

Sim, eles deixaram o Robert DeNiro de fora. Injustificável...




REI LEÃO

A esnobada da nova versão do clássico Disney foi Beyoncé Knowles-Carter, que poderia ter sido indicada por Melhor Canção Original pela canção "Spirit".  Pelo menos não terá de amargar uma derrota para "(I'm Gonna) Love Me Again", de Rocketman, que é a grande favorita para levar a estatueta pra casa.



JOIAS BRUTAS

A Netflix apostou em um drama estrelado por Adam Sandler e, desde que foi divulgado o trailer, muita gente cogitou que o ator canastrão das comédias familiares bobocas que adoramos odiar, e que agora encontraram um novo lar no serviço de streaming, parece não ter convencido os votantes do Oscar. Eu ainda não assisti o filme, mas queria muito ver Adam Sandler entre os indicados à Melhor Ator, só agitar o rolê.



AS GOLPISTAS

 Jennifer Lopez foi outra que foi esnobada pela Academia. A atriz está ótima em As Golpistas e muitos acreditavam que ela abocanharia uma indicação, mas não rolou.




A DESPEDIDA

Awkwafina foi outra que ficou de fora da corrida. A atriz era uma das mais cotadas por sua participação no drama A Despedida, de Lulu Wang.

E você? Sentiu falta de alguma produção ou talento na lista de indicados ao Oscar desse ano. Deixe nos comentários.

0 comentários: