Crítica Quadrinhos,

CRÍTICA [QUADRINHOS] | X-MEN 07 - Nova Marvel, por Jorge Caffé

11:33 Holtz Caffé 0 Comments

Correspondendo as edições originais: "All New X-Men #13" (Ago. 13); "Uncanny X-Men #07" (Ago.13); "Uncanny X-Men #08 (Set 13)"

Novíssimos X-Men (Sinopse): A situação dos X-Men se complica quando Mística e a Mestra Mental usam seus poderes para incriminar os X-Men originais de crimes que eles obviamente não cometeram. As coisas pioram quando a jovem Jean Grey do passado tem que lidar com sua recém adquirida telepatia...
    As histórias dos X-Men do passado vivendo entre os mutantes atuais estão cada vez mais interessantes. Brian Michael Bendis segue em sua missão de ao mesmo tempo entreter e homenagear. A cena de abertura, com Jean Grey manifestando a força Fênix e as falas de Wolverine "-Ah, Jeannie... Não!"; "-Por favor... de novo, não!" Os uniformes, o canadense ao lado de Ciclope, tudo homenageia a história clássica "A Saga da Fênix Negra". Além disso, é interessante acompanhar a dinâmica de grupo que surge entre os X-Men clássicos e os atuais. Lembrando que o Fera trouxe a equipe apenas algumas semanas depois de terem se formado.
    Além disso, os planos de Mística começam a se revelar, deixando o leitor ainda mais intrigado...

Fabulosos X-Men (Sinopse): Transportados para o Limbo, dimensão uma vez dominada por Magia, os X-Men de Ciclope e os recém ingressos mutantes devem lutar contra demônios extra -  dimensionais enquanto tentam encontrar um caminho de volta. Já na segunda história, o mutante Fábio decide voltar para casa, enquanto Magneto e Ciclope mais uma vez discutem sobre seus poderes e o lugar de cada um na nova Ordem mutante que surgiu.
       Brian Michael Bendis já prometeu que Ciclope não se tornará um vilão, ou sequer assumirá o posto de Magneto. Ele disse que essa série seria a verdadeira redenção de Scott, mas enquanto o All New X-Men está engrenado a 120 por hora, as vezes parece que Uncanny X-Men não tem histórias para contar. Além disso, a alternância na arte de Frazer Irving e Chris Bachalo impede a criação de uma sensação de continuidade. Mas, é Brian Michael Bendis, então, vamos esperar para ver...

0 comentários: