728x90 AdSpace

  • Nerd News

    sexta-feira, 3 de junho de 2016

    Quatro acertos de Capitão América: Guerra Civil

    Agora que você (provavelmente) e eu já assistimos Capitão América: Guerra Civil, vou elencar abaixo quatro acertos do novo filme dos 'Vingadores', digo, do Steve Rogers, para relembramos um pouquinho da nova aventura cinematográfica da Marvel Studios. Deveriam ser cinco acertos, mas sinceramente, só encontrei quatro e sendo assim... Antes de começarmos, vou logo dizendo que nem tudo são flores, e já fiz uma matéria com os cinco erros do filme, que você pode conferir neste link.

    Chega de blá, blá, blá, e vamos iniciar nossa listinha:


    1) Pantera Negra! Dizer mais o que?


    Chadwick Boseman finalmente vestiu o colant negro e encarnou o Príncipe T´Challa no cinema. A presença do herói em Capitão América: Guerra Civil é um dos pontos altos do filme. Isso se dá, principalmente, por conta de sua função na história. Além disso, o visual do protetor de Wakanda (Reino tecnológico africano de onde se extrai o metal conhecido como vibranium, do qual é feito o escudo do Capitão América) é muito próximo daquele que conhecemos dos quadrinhos.

    A atuação de Boseman é impecável. O salto que o ator dá ao tentar salvar seu pai da explosão que acaba matando-o é felino e viril, mesmo sem o uniforme, um detalhe pequeno, mas que dá um background profundo ao personagem. A raiva e instinto de vingança também contribuem para isso, e já é possível imaginá-lo como um dos personagens favoritos do Universo Cinematográfico Marvel em breve.


    2) Ver o Homem-Aranha entre os Vingadores


    Um antigo sonho dos fãs dos quadrinhos era ver o Homem-Aranha no bem-sucedido Universo Cinematográfico Marvel. O Cabeça-de-Teia é um dos personagens mais amados (se não for o mais amado) dos quadrinhos da Casa das Ideias, porém a Marvel Studios não detinha direitos de utilizá-lo até que acertou com a Sony um acordo no qual o personagem seria cedido à Marvel Studios, como uma maneira de unir o útil ao agradável (leia-se rentável).

    De todo modo, foi muito bom vê-lo em ação, contando piadas e sendo o adolescente que o personagem é. A única reclamação que tenho é a apresentação dele, que é muito longa, mas isso você pode conferir na matéria em que elenco os cinco erros de Capitão América: Guerra Civil, que você pode ler neste link.


    3) Cenas de ação eletrizantes


    O início, e final, de Vingadores: Era de Ultron trazem cenas de ação que podem figurar entre as mais lastimáveis do cinema do gênero. Joss Whedon errou feio a mão e tudo pareceu falso e apressado no que diz respeito aos efeitos visuais e especiais. Joe e Anthony Russo por sua vez retornam à um filme Marvel e novamente acertam neste quesito, que é um dos mais importantes quando o assunto é cinema de ação.

    A perseguição e batalha entre o Pantera Negra e Soldado Invernal está no mesmo nível de O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final, que é considerado o melhor filme de ação de todos os tempos segundo 9 entre 10 fãs do gênero. O embate final entre os heróis (que tenta justificar o subtítulo do filme) também é frenético e tecnicamente muito bem realizado.

    Tirei meu chapéu pros dublês e coreógrafos da equipe. Fizeram um trabalho maravilhoso.


    4) Dar relevância aos papéis da Agente 13 e Wanda na trama

    Emily VanCamp (Sharon Carter) e Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff) 
    Uma das coisas mais legais de Capitão América: Guerra Civil foi ver as personagens Sharon Carter e Wanda Maximoff terem importância nos acontecimentos do filme e não apenas aparecerem na telona como adereço como aconteceu em Capitão América: O Soldado Invernal e Vingadores: Era de Ultron, respectivamente.

    São duas personagens importantes nos quadrinhos e foi interessante vê-las desempenhando papéis importantes na trama. Enquanto Carter utilizou seu mister para ajudar o Time Capitão América, Wanda além de ser o estopim que levou as Nações Unidas a criar o Ato de Registro, ainda teve sua personagem aprofundada nas cenas que compartilha com Visão.


    Então é isso. Se você curtiu o filme e a listinha, clique neste link e confira minha lista de cinco erros de Capitão América. Vai lá, dá uma conferida. Só pode rolar duas coisas: Você concordar comigo e passar a ver o filme de outra forma ou me xingar....

    Valeu, até mais!

    Marlo George assistiu, escreveu e acha que o Steve Rogers já deu o que tinha de dar...
    • Comente no site
    • Comente no Facebook

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Quatro acertos de Capitão América: Guerra Civil Rating: 5 Reviewed By: Marlo George
    Scroll to Top