728x90 AdSpace

  • Nerd News

    sábado, 25 de fevereiro de 2017

    CRÍTICA [CINEMA] | "Lion - Uma Jornada para Casa", por Kal J. Moon

    Com direção do estreante Garth Davis e estrelado por Dev Patel, Nicole Kidman, Sunny Pawar e grande elenco, "Lion - Uma Jornada para Casa" é uma adaptação cinematográfica do livro autobiográfico escrito por Saroo Brierley - já publicado no Brasil -, que conta uma impressionante história de adaptação, determinação e, sobretudo, de sobrevivência.
    Guddu (Abhishek Bharate) e Saroo (Sunny Pawar) catavam moedas
    em estações de trem para comprar leite (Divulgação)

    A arte do querer
    Com seis indicações ao Oscar 2017 (incluindo Melhor Filme), "Lion - Uma Jornada para Casa" é uma experiência bem diferente em termos de cinema contemporâneo. Os tempos são outros e contar histórias tem de acompanhar a atenção da audiência para que seja bem compreendida neste ~"admirável mundo novo".

    O diretor Garth Davis - advindo da TV e dos documentários - faz sua estreia no cinema já sendo laureado com diversas indicações a prêmios. Com uma pegada própria dos iniciantes, sem muito tempo a perder com muita composição de cena ou ângulos ousados, Davis transforma o roteiro escrito por Luke Davies numa história a ser contada com a urgência que demonstra ter sido vivida.
    Sue (Nicole Kidman) adotou Saroo (Pawar), que foi parar na Austrália (Divulgação)

    Na trama, vemos que, aos cinco anos de idade, Saroo (Dev Patel) adormece no vagão de um trem que o leva por milhares de quilômetros ao longo da Índia, longe de sua casa e de sua família. Saroo aprende a sobreviver sozinho em Calcutá, até ser adotado por um casal australiano (Nicole Kidman e David Wenham). Vinte e cinco anos depois, munido apenas de lembranças, determinação e uma tecnologia revolucionária conhecida como Google Earth, Saroo viaja para sua terra natal para tentar encontrar sua família perdida.

    E como se trata de uma história verídica, também temos momentos que, a princípio, talvez não deveriam ter sido mostrados em detrimento do desenvolvimento da trama ou que não tinham tanta importância assim para o público em geral. Não que isso possa, de alguma forma, estragar a experiência, principalmente se levarmos em conta o espantoso final, quando todas as peças que faltavam finalmente se encaixam e fazem sentido para explicar essa curiosa trama.
    Já adulto, Saroo (Dev Patel) busca informações sobre suas raízes pela internet (Divulgação)

    O elenco indiano é muito bom e afiado. Destaque óbvio para Sunny Pawar, que interpreta o pequeno Saroo - até porque boa parte da trama se baseia no impacto de suas desventuras pelas ruas de Calcutá.  Em determinadas cenas, o espectador se pergunta se não se trata de um documentário - e essa pode muito bem ter sido a proposta de Davis... Dev Patel está, pela primeira vez, convencendo em cena, mesmo que sua personagem - Saroo adulto - não seja tão bem desenvolvido a ponto de criar empatia como quando era criança. Nicole Kidman entrega uma personagem crível mas nada que justifique a indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. O mesmo vale para Patel.

    "Lion - Uma Jornada para Casa" funciona, entretém e ainda reserva espaço à principal reflexão: quantas pessoas no mundo mendigam porque se perderam de suas casas? Feito como um alerta à sociedade, que olha cada vez mais para seu próprio umbigo.


    Kal J. Moon já se perdeu uma vez. Não fez a menor falta...
    • Comente no site
    • Comente no Facebook

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: CRÍTICA [CINEMA] | "Lion - Uma Jornada para Casa", por Kal J. Moon Rating: 5 Reviewed By: Kal J. Moon
    Scroll to Top