Cineart Filmes,

EM BUSCA DE FELLINI | Divulgado cena inédita do filme

A jovem Lucy (Ksenia Solo, foto), de 20 anos, vive um caso de amor à primeira vista quando assiste pela primeira vez "A Estrada da Vida", de Federico Fellini. É o que mostra o vídeo inédito de "Em Busca de Fellini", longa dirigido por Taron Lexton, que estreia nos cinemas em 07/12/2017 e já levou os prêmios de Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Atriz no Festival de Ferrara 2017, na Itália.

>>> Clique AQUI para assistir o vídeo! 

Na trama, Lucy é uma jovem que cresceu superprotegida pela mãe: nunca beijou um garoto, nunca trabalhou e não tem amigos. Sua única amiga é Claire (Maria Bello), que a protegeu de tudo e de todos desde criança. Tudo parecia sair como o planejado, até que a garota, que virou fã dos filmes de Fellini e incentivada pela tia, resolve partir para uma aventura sozinha na Itália para desbravar o mundo.

Lucy, cuja ingenuidade é inspirada na personagem de Giulietta Masina no filme "A Estrada da Vida", não é a única referência aos filmes de Fellini. "Em Busca de Fellini" é recheado de personagens, locações e referências estéticas aos clássicos do diretor, como "A Doce Vida", "8 ½" e "Noites de Cabíria". Um prato cheio para os fãs do italiano que vão perceber facilmente essas semelhanças e também para todos os cinéfilos e apreciadores de arte que, em algum momento, já viram as cenas clássicas dos filmes de um dos maiores artistas de todos os tempos.

O longa é uma carta de amor à Itália, uma homenagem a Fellini e uma exploração da linda e verdadeira história de Nancy Cartwright, atriz e dubladora que escreveu o roteiro do filme baseado na sua história pessoal.

Fonte: CineArt Filmes (via press-release)

0 comentários:

animação,

SHERLOCK GNOMES E O MISTÉRIO DO JARDIM | Animação com elenco estelar tem sua primeira imagem divulgada

"Sherlock Gnomes e o Mistério do Jardim" ('Sherlock Gnomes') é a continuação da animação "Gnomeu & Julieta". A Paramount Pictures divulgou a primeira imagem da sequência. Confira:

Os adorados gnomos de jardim Gnomeu e Julieta estão de volta para uma aventura totalmente nova em Londres. Quando Gnomeu e Julieta chegam à capital inglesa com seus amigos e família, sua maior preocupação é preparar seu novo jardim para a primavera. Porém, eles logo descobrem que alguém está raptando gnomos de jardim por toda a cidade. Quando Gnomeu e Julieta retornam para casa e descobrem que todos do seu jardim estão desaparecidos, existe somente um gnomo a recorrer: SHERLOCK GNOMES! O famoso detetive e protetor dos gnomos de jardim de Londres chega para investigar o caso, junto com seu inseparável companheiro Watson. O mistério levará nossos gnomos para uma aventura exuberante, onde encontrarão muitos ornamentos novos e explorarão um lado desconhecido da cidade.

Esta sequência, repleta de ação, apresenta as vozes originais de Johnny Depp (como Sherlock Gnomes), James McAvoy, Emily Blunt, Michael Caine, Maggie Smith, Stephen Merchant e Ozzy Osbourne, Chiwetel Ejiofor (como Watson) e Mary J. Blige (como Irene).

Com produção executiva de Sir Elton John, roteiro de Ben Zazove e direção de John Stevenson, "Sherlock Gnomes e o Mistério do Jardim" tem estreia nos cinemas brasileiros somente em 29/03/2018.

Fonte: Paramount Pictures (via press-release)

0 comentários:

A Quiet Place,

UM LUGAR SILENCIOSO | Suspense com Emily Blunt tem primeira imagem revelada

A Paramount Pictures divulgou a primeira imagem do filme "Um Lugar Silencioso" ('A Quiet Place'), suspense estrelado por Emily Blunt (foto) e John Krasinski - que também dirige o longa. Confira:

Na trama, uma família tenta se manter em total silêncio para sobreviver à ameaça que ronda a sua casa e que pode atacá-los ao menor sinal de barulho. Noah Jupe e Millicent Simmonds também fazem parte do elenco.

Com roteiro de Bryan Woods, Scott Beck e do próprio Krasinski, com produção de Michael Bay, Andrew Form e Brad Fuller, "Um Lugar Silencioso" tem previsão de estreia nos cinemas brasileiros apenas em 05/04/2018.

Fonte: Paramount Pictures (via press-release)

0 comentários:

CCXP,

CCXP 2017 | Colorista e desenhista Fabricio Guerra retorna ao evento

Fabricio Guerra (foto) - desenhista e colorista com mais de dez anos de carreira - está de volta ao evento Comic Con Experience - que acontece de 07 a 10/12/2017 na São Paulo Expo (SP) - para expor seus trabalhos mais recentes, autografando prints exclusivos e divulgando a primeira edição do quadrinho "Fé Cega" (leia nossa crítica AQUI ) - com arte do próprio Guerra e roteiro de Osmarco Valladão (que já entrevistamos AQUI e AQUI ). Fabricio Guerra estará na mesa E07, ao lado do ilustrador Adelson Tavares.

Fabrício Guerra tem em seu currículo de colorista diversos trabalhos internacionais como a elogiada fase na revista "The Shadow" (o herói conhecido como "O Sombra" no Brasil), "A Bíblia em Ação" e "The Christ" (ambas com arte do brasileiro Sergio Cariello), além da recente minissérie "Blood Bowl" (com arte do  brasileiro Jack Jadson) e a webcomic "Justiça Sideral - Erídhia" (roteiro de Deyvison Manes e arte de Luis Carlos Sousa e Lucas Ribeiro Pereira) além de vários projetos de ilustração.

Confira abaixo alguns exemplos de sua arte:
"Blood Bowl" (arte de Jack Jadson e cores de Fabricio Guerra / Divulgação)
"Fé Cega" (roteiro de Osmarco Valladão e arte de Fabricio Guerra / Divulgação)
"The Shadow" (arte de Giovanni Timpanno e cores de Fabricio Guerra / Divulgação)
"The Christ" e "Bíblia em Ação" (Arte de Sergio Cariello e cores de Fabricio Guerra / Divulgação)


Fonte: CCXP 2017 (via site oficial

0 comentários:

Cartazes,

CORPO DELITO | Drama prisional ganha trailer, cartaz e data de estreia

Quando a liberdade parece mais uma prisão. Esse é o mote de "Corpo Delito", dirigido por Pedro Rocha - que chega aos cinemas em 07/12/2017 - que ganhou trailer e cartaz. Confira:

>>> Clique AQUI para assistir o trailer! 
Cartaz oficial (Divulgação)

Lançado pelo Projeto Sessão Vitrine Petrobras, o longa traz a história de  Ivan (Ivan Silva), de 30 anos, que deixa a cadeia depois de cumprir uma pena de oito anos. De volta ao convívio da esposa, Gleice (Gleiciane Gomes), e a filha, Glenda, ele ganha a chance de retomar a sua rotina aos poucos, já que está em regime de liberdade condicional e sendo vigiado através da tornozeleira eletrônica, que o proíbe de ter uma vida noturna e de fazer trajetos não autorizados pela justiça. À medida que o tempo passa, Ivan se incomoda cada vez mais com a liberdade limitada e oscila constantemente entre o dever de ficar em casa e o desejo de ganhar as ruas. As lembranças da juventude aventureira ganham ainda mais força com a presença de Neto, um jovem de 18 anos que leva a mesma vida de Ivan, antes do seu encarceramento. Nas horas vagas, os dois curtem a semiliberdade de Ivan fumando maconha, ouvindo rap e assistindo a filmes de ação na TV. Ivan ainda é atraído pelas festas e pelas aventuras da cidade, mas depois de oito anos preso, ele também já sabe que violar a lei tem um preço alto. A contradição de uma liberdade monitorada intensifica ainda mais este conflito.

Roteirizado por Diego Hoefel, o filme foi exibido no Dok Leipzig, um dos principais festivais de documentários do mundo. Além disso, o longa também foi exibido no Festival de Tiradentes 2017 e também integra a programação da Mostra Contemporânea Brasileira do Forumdoc.Bh, que acontece em Belo Horizonte até 03/12/2017.

Sobre a arte do cartaz, o diretor Pedro Rocha, diz: "O cartaz elaborado pelo designer Yuri Leonardo condensa o drama do filme em uma imagem. Um pé-de-chinelo atado a uma tornozeleira eletrônica. Uma tecnologia simples e barata, feita para se ganhar o mundo, capturada pela tecnologia avançada e cara, paga pelos cofres públicos, projetada para impor a derrota como distintivo da pobreza. O que o Ivan parece dizer em todo o filme é simplesmente isso: 'esse pé é meu!'", completa.

"'Corpo Delito' é um filme híbrido, que se vale tanto de recursos do documentário observacional quanto do roteiro de ficção. O conflito e a tensão dramática do filme conduzem essa experiência aos moldes da ficção, enquanto a irregularidade de tal curva lembra ao espectador de que ele está diante de uma matéria estranha, frequentemente aquém do que se espera de uma ficção propriamente dita. A estética adotada tenta potencializar a experiência do encontro do espectador com o protagonista - um homem com um passado criminoso sobre quem todos formularão opiniões e julgamentos, ao mesmo tempo em que descobrirão que o desconhecem profundamente", explica o diretor.

Fonte: Vitrine Petrobras (via press-release)

0 comentários:

Altas Expectativas,

ALTAS EXPECTATIVAS | Elenco recebe amigos na pré-estreia carioca do filme

Clima descontraído e salas cheias de amigos. Assim foi a pré-estreia da comédia dramática “Altas Expectativas” na noite de 28/11/2017, no Kinoplex Leblon (RJ). Estreante como protagonista nos cinemas, o humorista Gigante Leo (foto) dividiu as atenções com a atriz Maria Eduarda de Carvalho (foto) e os diretores Antônio Pedro Paes (foto) e Álvaro Campos (foto). O evento contou ainda com a presença de famosos como Joaquim Lopes, Vitor Figueiredo, Pia Manfroni e Helena Fernandes.

Gigante Leo destacou a importância de ter um anão como protagonista nas telonas brasileiras pela primeira vez no Brasil: “É um longa sobre os olhares das pessoas pelo outro. É essencial que tenhamos atores com nanismo ou com alguma deficiência sendo chamados para interpretar uma pessoa comum, como um escritor ou um advogado. O anão é sempre chamado para fazer graça”, define o ator.

Durante a apresentação do longa nas salas, o humorista fez questão de agradecer a sua esposa Carol Portela e a sua filha Luiza e as convidou para compor o grupo que estava representando o filme. "Altas Expectativas" foi inspirado na história de amor do casal. Com 1,10m, Gigante Leo conquistou o coração da pedagoga de 1,65m. O romance também foi tema do curta-documentário “Leo & Carol” - também dirigido por Álvaro Campos - premiado Melhor Curta-documentário do Festival Inclús, de Barcelona, depois de ter conquistado o mesmo prêmio no Festival Sur Le Handicap, em Cannes.

Na produção, Gigante Leo interpreta o tímido treinador de cavalos Décio, que se sente inseguro por conta de sua deficiência física. Por isso, sente dificuldade de se aproximar da melancólica Lena (Camila Márdila), que não tem o hábito de sorrir. Com suas piadas, ele ganha a simpatia da moça, mas, ainda disputa as atenções dela com o ricaço Flávio (Milhem Cortaz). O filme chega aos cinemas em 07/12/2017, produzido pela 2 Moleques Produções, coproduzida pela Globo Filmes / Telecine e distribuída pela Galeria Distribuidora.

O elenco conta ainda com Felipe Abib, Pedro Sol e participações especiais de Fabiana Karla, Tiago Abravanel, Agildo Ribeiro e Augusto Madeira. Maria Eduarda é Lia, joqueta e amiga acelerada do treinador de cavalos que vai tentar ajudá-lo a conquistar Lena.

Altas Expectativas” - que fez sua estreia mundial no Festival de Montreal, no Canadá, e recebeu Menção Honrosa na Mostra Geração do Festival do Rio 2017 - é o primeiro longa-metragem dirigido e assinado em conjunto por Álvaro Campos e Pedro Antônio, também responsáveis pelo roteiro da produção.

Fonte: Globo Filmes (via press-release)

0 comentários:

Alena Aló,

PPDC 2017 | Anunciados projetos brasileiros de teatro financiados para 2018

O Programa Petrobras Distribuidora de Cultura (PPDC) anunciou os projetos selecionados em sua quinta edição, com investimentos de R$ 15 milhões para o biênio 2017/2018. Ao todo, de 647 projetos inscritos, foram escolhidos 57 espetáculos para circulação, com representantes de 16 unidades federativas, nas categorias adulto (43) e infanto-juvenil (14). Estão previstas apresentações em 110 municípios, abrangendo todos os estados.

O resultado desse ano mostra um indicativo de crescente desconcentração da origem dos proponentes. De 2009 a 2014, 82% dos projetos inscritos eram da Região Sudeste. Na edição passada, esse percentual baixou para 60% e, nesta seleção, serão 40%. Vale destacar também o crescimento da participação da Região Nordeste, que passou a responder por 28% dos inscritos, contra um resultado anterior de 12%.

O objetivo do PPDC é contemplar projetos para itinerância de espetáculos teatrais não inéditos, que apresentem para os públicos de todo o país a diversidade da linguagem teatral brasileira. No período de 2009 a 2016, a BR viabilizou a circulação de 240 espetáculos teatrais, com mais de 2.650 apresentações em todos os estados, atingindo público superior a 650 mil pessoas. O programa conta com a parceria do Ministério da Cultura (MinC).

Alena Aló, coordenadora de patrocínio cultural da Petrobras Distribuidora, sintetizou os objetivos da Companhia: "Como uma empresa presente em todo o Brasil, a BR vê a importância de capilarizar também suas ações de patrocínio, exposição de marca e relacionamento. Por isso, buscamos ampliar a abrangência do PPDC, para extrapolar os tradicionais eixos de produção e circulação. Todos ganham: a BR, a classe artística envolvida, mas principalmente o público de todo o País, que verá espetáculos de qualidade em suas próprias cidades", afirmou.

Assim como na última edição, todas as apresentações oferecem instrumentos de acessibilidade - Libras ou audiodescrição – e realizam, em todas as cidades da circulação, encontros com grupos locais, possibilitando o intercâmbio de linguagens e práticas cênicas.

A divulgação dos projetos contemplados ocorreu no Cinearte do Conjunto Nacional (SP) durante o seminário "Conversas Teatro em Movimento", que discutiu desafios e soluções para a itinerância da produção teatral brasileira, com representantes da classe artística e dos projetos selecionados, gestores de cultura e outros profissionais do setor. As discussões incluíram apresentações de cases de projetos contemplados em edições anteriores do PPDC.

A lista completa dos projetos selecionados pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura, para o biênio 2017/2018, está disponível no site oficial. Para saber mais sobre o seminário, acesse o site oficial.

Fonte: Petrobras (via press-release)

0 comentários:

Bob Odenkirk,

THE POST - A GUERRA SECRETA | Meryl Streep e Tom Hanks ilustram novo cartaz

A Universal Pictures divulgou o novo cartaz nacional de “The Post – A Guerra Secreta” ('The Post'), drama que apresenta o envolvimento do jornal The Washington Post na divulgação dos chamados “Papéis do Pentágono”, durante o Governo Nixon. Confira:   
Cartaz oficial (Divulgação)

Com direçao de Steven Spielberg, a produção destaca Meryl Streep e Tom Hanks em parceria inédita. O filme retrata a história real da divulgação de documentos secretos dos Estados Unidos referente a Guerra do Vietnã. Na história, Katharine Graham (Streep) – primeira editora de um grande jornal americano, o The Washington Post -, se alia a Ben Dradlee (Hanks) com o intuito de expor os segredos do governo mantidos a sete chaves por quatro presidentes e por mais de três décadas. Juntos, eles superarão as diferenças e arriscarão suas carreiras em prol da verdade.       

Com produção também assinada por Spielberg - em parceria com Amy Pascal e Kristie Macosko Krieger -, o filme ainda traz Alison Brie, Carrie Coon, David Cross, Bruce Greenwood, Tracy Letts, Bob Odenkirk, Sarah Paulson, Jesse Plemons, Matthew Rhys, Michael Stuhlbarg, Bradley Whitford e Zach Woods no elenco.

Fonte: Universal Pictures (via press-release)

0 comentários:

Bruno Mars,

GRAMMY AWARDS 2018 | Confira a lista de indicados ao maior prêmio da música

No dia 28/01/2018, a 60ª edição do Grammy Awards® acontecerá em Nova York e o canal pago TNT transmitirá - ao vivo e com exclusividade, a partir das 22h30 e com opção para assistir também pela plataforma de streaming TNT GO (a reapresentação será em 29/01, na faixa das 13h) - toda a cerimônia da premiação mais importante da indústria fonográfica. Com apresentação de Domingas Person, o público conhecerá os vencedores, além de acompanhar as apresentações dos maiores astros da música!

A Recording Academy anunciou a lista completa dos indicados ao Grammy 2018. Neste ano, Jay-Z - com oito indicações - e Kendrick Lamar - com sete - estão no topo do ranking entre os indicados. Ambos concorrem, ainda, em duas das principais categorias da noite: Álbum do Ano e Gravação do Ano. Na sequência, Bruno Mars - com seis indicações -, Khalid e SZA nomeados em cinco categorias e Alessia Cara em quatro.

Confira abaixo algumas das categorias de destaque deste ano:

>>> Gravação do Ano


  • "Redbone" — Childish Gambino
  • "Despacito" — Luis Fonsi & Daddy Yankee Feat. Justin Bieber
  • "The Story Of O.J." — JAY-Z
  • "HUMBLE." — Kendrick Lamar
  • "24K Magic" — Bruno Mars


>>> Álbum do Ano


  • "Awaken, My Love!" — Childish Gambino
  • 4:44JAY-Z
  • DAMN. — Kendrick Lamar
  • MelodramaLorde
  • 24K MagicBruno Mars
>>> Música do Ano


  • "Despacito" — Ramón Ayala, Justin Bieber, Jason "Poo Bear" Boyd, Erika Ender, Luis Fonsi & Marty James Garton, songwriters (Luis Fonsi & Daddy Yankee Feat. Justin Bieber)
  • "4:44" — Shawn Carter & Dion Wilson, songwriters (JAY-Z)
  • "Issues" — Benny Blanco, Mikkel Storleer Eriksen, Tor Erik Hermansen, Julia Michaels & Justin Drew Tranter, songwriters (Julia Michaels)
  • "1-800-273-8255" — Alessia Caracciolo, Sir Robert Bryson Hall II, Arjun Ivatury, Khalid Robinson, songwriters (Logic Featuring Alessia Cara & Khalid)
  • "That's What I Like" — Christopher Brody Brown, James Fauntleroy, Philip Lawrence, Bruno Mars, Ray Charles McCullough II, Jeremy Reeves, Ray Romulus & Jonathan Yip, songwriters (Bruno Mars)
>>> Artista Revelação


  • Alessia Cara
  • Khalid
  • Lil Uzi Vert
  • Julia Michaels
  • SZA


>>> Melhor Performance Solo de Pop


  • "Love So Soft" — Kelly Clarkson 
  • "Praying" — Kesha
  • "Million Reasons" — Lady Gaga
  • "What About Us" — P!nk
  • "Shape Of You" — Ed Sheeran


>>> Melhor Performance de Dupla ou Grupo de Pop


  • "Something Just Like This" ­— The Chainsmokers & Coldplay
  • "Despacito" — Luis Fonsi & Daddy Yankee Feat. Justin Bieber
  • "Thunder" — Imagine Dragons
  • "Feel It Still" — Portugal. The Man
  • "Stay" — Zedd & Alessia Cara


>>> Melhor Álbum Rap


  • 4:44JAY-Z
  • DAMN. — Kendrick Lamar
  • CultureMigos
  • Laila's WisdomRapsody
  • Flower BoyTyler, The Creator


>>> Melhor Álbum de R&B


  • "Freudian" — Daniel Caesar
  • "Let Love Rule" — Ledisi
  • "24K Magic" — Bruno Mars
  • "Gumbo" — PJ Morton
  • "Feel the Real' — Musiq Soulchild


>>> Para visualizar a lista completa, acesse o site oficial da premiação.

*Horários de Brasília. Programação sujeita a alterações sem aviso prévio.

Fonte: TNT (via press-release)

0 comentários:

Carey Mulligan,

MUDBOUND | Drama com Jason Clarke ganha cartaz, trailer e data de estreia

A Diamond Films Brasil divulga o primeiro cartaz nacional e o primeiro trailer de “Mudbound - Lágrimas Sobre o Mississippi”. A estreia está prevista para o dia 15/02/2018.

>>> Clique AQUI para assistir o trailer!
Cartaz oficial (Divulgação)

A história acontece no sul dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial, onde a história de duas famílias - uma negra e uma branca – que dividem terras no delta do Rio Mississipi, se entrelaçam. A trama mostra a família McAllan, vinda da tranquila Memphis, mas despreparada para as exigências da vida no campo. Apesar dos grandiosos sonhos de Henry (Jason Clarke), sua esposa Laura (Carey Mulligan) luta para manter a fé nas empreitadas de seu marido. Enquanto isso, Hap e Florence Jackson (Rob Morgan e Mary J. Blige, respectivamente), que trabalham há gerações em fazendas, lutam bravamente para construir um pequeno sonho, apesar das barreiras sociais que enfrentam. Os planos de cada família são afetados pela guerra e pelo retorno de seus entes queridos, Jamie McAllan (Garrett Hedlund) e Ronsel Jackson (Jason Mitchell), que desafiam a realidade de onde vivem ao formar uma amizade.

A norteamericana ​Dee​ ​Rees - que também é a diretora do longa - assina o roteiro, baseado no romance da escritora Hillary Jordan, ao lado de Virgil​ ​Williams​.

Fonte: Diamond Films (via press-release)

0 comentários:

Cartazes,

PERFEITA É A MÃE 2 | Sequência da comédia ganha trailer, cartaz e data de estreia

A atriz Susan Sarandon (foto) é o destaque do elenco de "Perfeita é a Mãe 2", comédia que chega aos cinemas brasileiros em 07/12/2017. Ela interpreta Isis, a mãe descolada da personagem Amy (Mila Kunis).

>>> Clique AQUI para assistir o trailer!
Cartaz oficial (Divulgação)

Na trama, as amigas e mães Amy (Kunis), Kiki (Kristen Bell) e Carla (Kathryn Hahn, foto) estão sobrecarregadas e estressadas com os preparativos do Natal. Tudo piora quando suas respectivas mães decidem visitá-las e aproveitar o feriado com elas.

Christine Baranski e Cheryl Hines também atuam no longa-metragem. O roteiro do filme é assinado por Jon Lucas e Scott Moore, que também dirigem a produção.

Fonte: Diamond Films (via press-release)

0 comentários:

All The Money In The World,

TODO O DINHEIRO DO MUNDO | Novo filme de Ridley Scott ganha cartaz e data de estreia

A atriz Michelle Williams é o destaque do cartaz de "Todo o Dinheiro do Mundo", novo longa-metragem do veterano cineasta Ridley Scott. O ator Mark Wahlberg, que aparece ao lado da atriz na arte, também faz parte do elenco. Confira:
Cartaz oficial (Divulgação)

Assinado por David Scarpa, o roteiro é inspirado na história do sequestro do adolescente John Paul Getty III (Charlie Plummer), neto do magnata americano do petróleo John Paul Getty (Christopher Plummer), que aconteceu na Itália em 1973. A trama narra as tentativas desesperadas de sua devota mãe (Michelle Williams) em convencer o patriarca da família a pagar a grande quantia exigida para o resgate. Quando ele recusa, ela tenta influenciá-lo, enquanto os sequestradores de seu filho se tornam cada vez mais inflexíveis e brutais. O roteiro é inspirado em eventos históricos. Porém, algumas cenas, diálogos e personagens são fictícios.

Ridley Scott e os produtores do filme decidiram refilmar todas as cenas feitas pelo ator Kevin Spacey, que faria o papel de John Paul Getty - em decorrência das denúncias de assédio sexual contra o ator. O aclamado ator canadense Christopher Plummer foi o escolhido para as novas cenas. As refilmagens tiveram início em novembro, e não haverá alteração na data de lançamento do filme nos Estados Unidos, que segue marcada para dezembro de 2017. No Brasil, o longa-metragem tem estreia prevista apenas para 25/01/2018.

Fonte: Diamond Films (via press-release)

0 comentários:

A Grande Jogada,

A GRANDE JOGADA | Filme com Jessica Chastain ganha novo cartaz nacional

A Grande Jogada” teve um novo cartaz divulgado, no qual a protagonista do filme - a atriz Jessica Chastain - aparece rodeada de pilhas de dinheiro. Confira:
Cartaz oficial (Divulgação)
Idris Elba, Kevin Costner e Michael Cera também fazem parte do elenco. A produção é baseada no livro de memórias de Molly Bloom, uma ex-esquiadora que ficou conhecida como a "Princesa do Pôquer". Além de mostrar os bastidores dos jogos de pôquer, que tinham a participação de estrelas de Hollywood e milionários de Wall Street, o filme mostra o momento em que Molly começou a ser investigada pelo FBI, acusada de organizar eventos ilegais e de envolvimento com a máfia russa.

Com distribuição Diamond Films, “A Grande Jogada” tem previsão de estreia somente para 01/02/2018.

Fonte: Diamond Films (via press-release)

0 comentários:

Chiwetel Ejiofor,

MARIA MADALENA | Épico bíblico com Rooney Mara ganha trailer e data de estreia

A jornada de uma das figuras mais enigmáticas e incompreendidas da História chega aos cinemas brasileiros em 2018. O drama “Maria Madalena” ('Mary Magdalene') - que traz Rooney Mara (foto) no papel-título e Joaquin Phoenix como Jesus -, acaba de ter seu primeiro trailer divulgado em lançamento mundial.

>>> Clique AQUI para assistir!

Dirigido por Garth Davis - de “Lion – Uma Jornada para Casa” -, a cinebiografia retrata a história de uma jovem em busca de uma nova maneira de viver. Contrariada pelas hierarquias, Maria Madalena (Rooney Mara) desafia sua familia tradicional para se juntar a Jesus de Nazaré (Joaquin Phoenix). Ela logo encontra um lugar para si mesma dentro de um movimento que a levará para Jerusalém.

Com distribuição da Universal Pictures, roteiro de Helen Edmundson e Philip Goslett, a produção ainda traz Chiwetel Eijofor e Tahar Rahim no elenco e estreia em 22/03/2018.

Fonte: Universal Pictures (via press-release)

0 comentários:

Anderson Simão,

BYE BYE JAQUELINE | Comédia romântica adolescente ganha trailer, cartaz e data de estreia!

Com uma história leve e divertida que fala sobre a beleza e as dificuldades de ser jovem, “Bye Bye Jaquelinechega aos cinemas em 28/12/2017. Primeiro longa-metragem dirigido por Anderson Simão - da produtora curitibana O Quadro -, a comédia romântica faz um recorte na vida de sua protagonista, Jaqueline, uma jovem de 16 anos, bolsista em uma escola particular. O filme mostra o dia a dia de seu cotidiano: a amizade com sua melhor amiga, Amanda, a paixão pelo menino mais bonito do colégio, os encontros e desencontros que acontecem no pátio da escola.

>>> Clique AQUI para assistir o trailer!
Cartaz oficial (Divulgação)

A jovem atriz Poliana Oliveira (foto) dá vida à Jaqueline, que entre as aulas, os treinos de vôlei e as tarefas domésticas, se interessa por Fernando (Victor Carlim), sobre quem projeta seus sonhos românticos. Novata na escola, conta com a experiência de Amanda (Gabrielle Pizzato Santana), a melhor amiga descolada, que empresta uma boa dose de humor à trama. Marchesi (Leonardo Vieira) completa o quarteto adolescente. Ele também se apaixona por Jaqueline e por vezes acaba atrapalhando a vida do casal.

Com estreia marcada para as férias escolares, “Bye Bye Jaqueline” retrata com fidelidade a atual geração adolescente, muito mais tranquila e cabeça aberta ao lidar com as tradicionais questões da idade do que as anteriores. A primeira relação sexual, a amizade, a pressão da escola ou as diferenças sociais são temas com os quais os jovens do longa vão lidar, tendo ao fundo as belas ruas de Curitiba (PR) e uma trilha sonora representativa da cena roqueira da cidade.

Para os pais que forem ao cinema, o filme traz uma boa dose de nostalgia. Com exceção dos celulares, tudo, enfim, continua igual, levando o espectador a lembrar de sua própria época de escola. Como diz Fernando para Jaqueline: “Gosto de colecionar boas lembranças”. “Bye Bye Jaqueline” desperta o gosto de uma boa recordação.

Fonte: Lança Filmes (via press-release)

0 comentários:

CCXP 2017,

CCXP 2017 | Cinemark retorna ao evento com maior auditório

Fortalecendo a parceria de sucesso que já dura quatro anos, a Rede Cinemark desembarca na Comic Con Experience 2017 - que acontece em São Paulo, entre os dias 07 e 10 de dezembro. No evento, fãs de quadrinhos, séries, filmes e games poderão assistir a painéis e entrevistas especiais com todo o conforto e estrutura dos cinemas da rede.

Para a quarta edição, a Cinemark levará ao São Paulo Expo um auditório de 3.500m², com mais de 3.000 lugares – trata-se da maior sala de exibição do evento, em que acontecem as principais exibições e painéis. Além disso, a Rede disponibiliza para os fanáticos por cultura pop a sua tradicional pipoca e combos especiais, à venda em carrinhos e snack bars espalhados pelo pavilhão.

"A nossa parceria com o Omelete Group é um sucesso desde a primeira edição da CCXP. A cada ano trazemos mais qualidade, conforto e tecnologia para o Auditório Cinemark, onde o público vive as experiências mais incríveis do evento. É uma honra fazer parte de um evento tão empolgante, além de poder levar a magia dos nossos cinemas para fora das salas", ressalta Bettina Boklis, diretora de marketing da rede Cinemark.

Fonte: Cinemark (via press-release)

0 comentários:

Carlos Eduardo Jay,

VISÕES PERIFÉRICAS 2017 | Curta "O Jogo" terá pré-estreia no festival!

O evento cultural Visões Periféricas 2017 - que acontecerá entre 28/11 a 03/12/2017 no Rio de Janeiro - anunciou o curta-metragem que será exibido na abertura do festival: trata-se de “O Jogo” (2017), dirigido por Clementino Junior com roteiro de Pedro Gomes.
Crédito de foto: Pâm Nogueira (Divulgação)

A trama põe em questão o genocídio em curso nas favelas do ponto de vista de uma única família. Rodado quase integralmente na Villa Parque da Cidade - comunidade na zona sul do Rio de Janeiro -, a história revela outra face deste jogo, com um elenco de peso composto por Dani Ornellas (foto), Rodrigo França, Carlos Eduardo Jay, Rollo e Marcelo Pontual, além das participações especiais de Clementino Kelé, Thiago Justino e Henrique Taxman. Destaque para o figurino criado por Isaac Vale.

A pré-estreia de “O Jogo” será em 28/11/2017, a partir das 17h30, no Cinema 1 da CAIXA Cultural Rio de Janeiro.

Fonte: Visões Periféricas 2017 (via fanpage oficial

0 comentários:

Cinema do Brasil,

DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS | Remake tem nova data de estreia no RJ e SP

Depois de estrear no Nordeste e no Norte do Brasil em cidades como Salvador, Recife, Fortaleza, Rio Branco, Maceió, Manaus, São Luís, Belém, João Pessoa, Teresina, Natal, Boa Vista, Aracaju e Palmas, o longa "Dona Flor e Seus Dois Maridos" ganha uma nova data de lançamento no Rio de Janeiro e em São Paulo: 07/12/2017.

Dirigido por Pedro Vasconcelos, a nova adaptação do clássico de Jorge Amado traz os icônicos personagens Dona Flor (Juliana Paes, foto), Vadinho (Marcelo Faria, foto) e Dr. Teodoro (Leandro Hassum, foto). A história mostra o amor tórrido entre Dona Flor e Vadinho, jovem de vida desregrada e amante de noitadas e jogatinas. De tanto cometer excessos, ele acaba morrendo de maneira precoce. Viúva, Flor se entrega a Teodoro, o farmacêutico da cidade e uma figura bem diferente de Vadinho: pacato, frio e metódico. Embora leve uma vida tranquila e confortável ao lado do novo companheiro, a professora de culinária sente falta dos momentos intensos ao lado do ex. Sofrendo a ausência de Vadinho, Flor começa a evocar sua presença, até que ele passa a lhe visitar em espírito, tornando a vida a três um tanto quanto confusa e tentadora.

Fonte: Paris Filmes (via press-release)

0 comentários:

Albert e David Maysles,

CINEMA | Mostra sobre os Irmãos Maysles agita SP

A partir de novembro, o público brasileiro terá a chance de conferir uma retrospectiva completa da obra dos irmãos Maysles. A mostra "Irmãos Maysles - A Disciplina do Olhar" exibirá 30 filmes - entre curtas, médias e longas - e promoverá debate e masterclass de 30/11 a 13/12/2017 na Caixa Belas Artes, em São Paulo.

Pioneiros do Cinema Direto, nas décadas de 1960 e 1970,  Albert e David Maysles surgiram como uma revolução estilística no gênero. Apoiados principalmente nas novas técnicas disponíveis, eles propunham uma captação da realidade no seu estado mais puro, aproveitando do uso de uma câmera móvel no ombro e do som direto. O objetivo era retratar o mundo real como se a câmera não estivesse presente, criando uma liberdade para filmar que, até então, não se tinha.

A partir desse método de fazer cinema, os irmãos Maysles realizaram mais de 40 documentários, alguns deles de grande sucesso como "What´s Happening! The Beatles In The USA" (1964) - um relato humorístico e encantador da primeira viagem dos Beatles à América -, "With Love From Truman" (1966) - que retrata um encontro com o renomado autor Truman Capote em sua casa à beira-mar, onde ele compartilha sua personalidade "auto-suficiente" com filosofia de boteco e piadas calculadas -, "Meet Marlon Brando" (1966) - onde jornalistas de toda a América Latina encontram o ator Marlon Brando num quarto de hotel de Nova York para entrevistá-lo sobre seu filme mais recente - e "Gimme Shelter" (1970), sobre a turnê norte-americana da banda Rolling Stones em 1969 - este com uma exibição especial em 35mm no dia 02/12/2017.

Além da exibição de filmes, a mostra discutirá o pensamento do Cinema Direto e suas implicações nas produções contemporâneas. O dramaturgo e escritor Jonathan B. Vogels dará a masterclass sobre a filmografia dos irmãos Maysles. Autor do livro "The Direct Cinema of David and Albert Maysles", a maior publicação inteiramente dedicada à obra dos cineastas nos EUA, Vogels discutirá a trajetória da dupla e o Cinema Direto.

O documentarista João Moreira Salles se junta à Doutora em cinema Patrícia Mourão no debate "Nem moscas nem paredes: empatia e dramaticidade no cinema dos Irmãos Maysles" para discutir o Cinema Direto, com foco na obra dos cineastas, e seus desdobramentos.

A mostra tem curadoria de Angelo Defanti, Felippe Mussel e Nina Kopko, realização da Boulevard Filmes com apoio do Maysles Films, instituto que preserva a filmografia dos irmãos Maysles, com patrocínio da CAIXA e do Governo Federal. Para maiores informações, acesse o site oficial.

Fonte: Boulevard Filmes (via press-release)

0 comentários:

Adriele Pelentir,

CROMOSSOMO 21 | Filme brasileiro sobre Síndrome de Down já tem data de estreia

Escrito e dirigido por Alex Duarte, o longa-metragem "Cromossomo 21" se debruça sobre a rotina da jovem Vitória. E a rotina dela, na prática, é a igual a de todo jovem: ela estuda, vai às baladas, sai com as amigas, briga com a irmã, se queixa da mãe, se apaixona. Ela, no entanto, tem medo de perder a pessoa que ama, o namorado Afonso, por causa do preconceito da família dele. É questionadora, destemida e vai lutar por sua autonomia e seus ideais. Quem interpreta a protagonista é Adriele Pelentir (foto), uma jovem com Síndrome de Down, formada em Nutrição pela Faculdade de São Luiz Gonzaga.

>>> Clique AQUI para assistir o trailer!
Cartaz oficial (Divulgação)
Realização de baixo orçamento, produzida de forma cooperativada, o longa-metragem teve Menção Honrosa no Festival de Gramado 2016, venceu como Filme-Destaque no Los Angeles Brazilian Festival e foi premiado como Melhor Filme pelo Voto Popular no Festival Internacional de Cinema de La Mujer.

Os anos que separam o início das filmagens do lançamento do filme, transformaram não somente a vida de Adriele, mas também a do ator Luís Fernando Irgang (foto), que elegeu a inclusão social nas empresas como tema de seu trabalho de TCC. A vida de Alex Duarte, entretanto, mudou no dia em que ele conheceu Adriele e ela lhe fez a pergunta que complementa o título do longa: O que você faria se fosse impedido de amar? "Eu quero saber quais respostas as pessoas podem dar a esta pergunta depois de ver o filme", revela Duarte, que tinha apenas esta ideia quando decidiu fazer o filme há sete anos. Acabou totalmente envolvido na causa da inclusão social e hoje dá palestras sobre o tema pelo país. "Cromossomo 21" deixou de ser apenas um filme e tornou-se um grande projeto. Em 2015, foi lançado o livro duplo: "21, do diagnóstico à independência" e "Cromossomo 21", escritos pelo diretor. Em 2017, a web-série "Geração 21" aportou no Youtube.

Com canções de Clarice Falcão, Lenine e lançamento programado para 30/11/2017 nos cinemas brasileiros, o filme criou um site oficial com diversas informações sobre os bastidores da produção.

Fonte: Cromossomo 21 (via press-release)

0 comentários:

Callum Keith Rennie,

JOGOS MORTAIS: JIGSAW | Ator revela fascínio pelo cultuado serial killer

Jogos Mortais: Jigsawchega aos cinemas brasileiros em 30/11/2017 e eleva a outro patamar os vestígios dos assassinatos cometidos por Jigsaw em diferentes cenários. Em vídeo de bastidores recém-revelado, o produtor Oren Koules descreve as características que tornam Jigsaw um personagem icônico e o experiente Tobin Bell, que interpreta o protagonista, elogia a construção da narrativa.

>>> Clique AQUI para assistir o vídeo!

Dirigido pelos irmãos Michael Spierig e Peter Spierig, o terror reúne também Matt Passmore, Clé Bennett, Hannah Emily Anderson, Laura Vandervoort, Mandela Van Peebles, Paul Braunstein, Brittany Allen e Josiah Black no elenco.

Com US$874 milhões de dólares arrecadados em bilheterias no mundo todo, ‘Jogos Mortais’ é a maior franquia de terror de todos os tempos, de acordo com o Guinness Book. A nova produção da franquia retorna às telonas após um hiato de 7 anos e oferece a dúvida se Jigsaw é realmente o mandante por trás de uma nova sequência de assassinatos ou se há um impostor inteligente que ocupa seu lugar.   

Fonte: Paris Filmes (via press-release)

0 comentários:

Adirley Queirós,

SEMANA 2017 | ‘Era Uma Vez Brasília’ e ‘Travessia’ são os grandes vencedores

Responsável por abrir espaço ao cinema brasileiro contemporâneo, o festival Semana anunciou recentemente os vencedores de sua Mostra Competitiva. "Era Uma Vez Brasília" - de Adirley Queirós - e "Travessia" - de Safira Moreira - foram os grandes vencedores de sua nona edição. Em 2017, quatro júris foram responsáveis por assistir, debater e definir os destaques da programação.

Produzida pela Jurubeba Produções e patrocinada pela RioFilme e a SEC-RJ, a 9ª Semana reúne curtas, médias e longas-metragens, que competem em pé de igualdade e disputam as mesmas premiações. Ao todo, foram 7 dias, 56 filmes, 22 sessões e 3 debates com foco do que há de mais potente e inovador no cinema contemporâneo – sobretudo, o produzido no Brasil.

Confira os vencedores:

>>> JÚRI OFICIAL (composto por Mariana Nunes, Paula Gaitán e Philipp Hartmann): Este júri indicou cinco destaques entre os longas, curtas e médias-metragens em competição. Dois prêmios fixos – os de Melhor Filme e o Grande Prêmio do Júri, que são obrigatoriamente destinados a obras de formatos diferentes (um longa e um curta ou média-metragem). Os outros três prêmios foram indicados de acordo com sua avaliação, destacando aspectos técnicos ou estéticos que se sobressaiam no conjunto das obras apresentadas.


  •  - Melhor Filme: "Era Uma Vez Brasília", direção de Adirley Queirós - “Pela sua linguagem radical da escrita cinematográfica; filme essencial neste momento – no cinema, no Brasil e no mundo”;
  •  - Grande Prêmio do Júri: "Travessia", direção de Safira Moreira - “Pela potência cinematográfica de um gesto de resistência”;
  •  - Prêmio pela Inovação da Narrativa Fotográfica: Ava Yvy Vera por "Terra do Povo do Raio", direção de Genito Gomes, Valmir Gonçalves Cabreira, Johnaton Gomes, Joilson Brites, Johnn Nara Gomes, Sarah Brites, Dulcídio Gomes e Edna Ximenes;
  •  - Prêmio pela Força Libertária da Palavra e da Poesia: "Poesia na Guerra", direção de Fernando Salinas;
  •  - Prêmio pela Experiência e Embate entre Som e Imagem: "Resiliência", direção de Marcellvs L;
  •  - Menção Honrosa pelo Imaginário do Caos e sua Reinvenção Apocalíptica: "Pazucus – A Ilha do Desarrego", direção de Gurcius Gewdner;



>>> JÚRI DE ESTUDANTES DE AUDIOVISUAL (composto por Bia Praça, Milena Manfredini e Pedro Rena): Pelo segundo ano, o festival contou com Júri de Estudantes de Audiovisual. Abrimos convocatória para que alunos de escolas diversas – universitárias ou não – se candidatassem a fazer parte de um grupo que assistiu, debateu e definiu os destaques da 9ª Semana de acordo com seu olhar.


  •  - Melhor Longa-Metragem: "Café com Canela", direção de Ary Rosa e Glenda Nicácio - Pela potência de criação de novas narrativas e de novas formas de representação da mulher e do homem negro no Cinema Brasileiro. Pela sensibilidade aguçada em promover o processo de cura dos personagens negros e daqueles que os assistem”;
  •  - Melhor Curta-Metragem: "Travessia", direção de Safira Moreira - Pela reflexão que o filme propõe acerca da ausência de imagens de famílias negras na história do Brasil e pela ação-manifesto que o filme realiza ao começar a produzir essa iconografia em sua própria escritura”;
  •  - Prêmio Especial Cinema Compartilhado: Ava Yvy Vera por "Terra do Povo do Raio", direção de Genito Gomes, Valmir Gonçalves Cabreira, Johnaton Gomes, Joilson Brites, Johnn Nara Gomes, Sarah Brites, Dulcídio Gomes e Edna Ximenes - Pelo processo cinematográfico, político e social que envolve o filme para além de sua exibição em uma sala de cinema. Pelo compartilhamento de mundos, ideias, técnicas, olhares, afetos e existências que o encontro entre a universidade, o cinema e o universo indígena pode proporcionar”;
  •  - Prêmio Juninho de Cinema Cultural: Aristides de Souza - Pela importância da inclusão de novos sujeitos históricos e sociais nos processos de criação e pensamento do Cinema Cultural”;



>>> JÚRI DA CRÍTICA pelo COLETIVO ELVIRAS (composto por Andrea Ormond, Ana Paula Alves Ribeiro e Taiani Mendes): O Coletivo Elviras, fundado em 2016, reúne mulheres que escrevem críticas cinematográficas e/ou produzem reflexão teórica sobre o audiovisual. Este é o primeiro júri do coletivo em festivais, momento que representa um marco para todas e todos que atuam na área.


  •  - Melhor Filme: "Histórias que Nosso Cinema (Não) Contava", direção de Fernanda Pessoa - Por analisar e desconstruir preconceitos do passado, contribuindo para a compreensão da mulher em uma sociedade complexa e cheia de camadas”;
  •  - Prêmio Especial do Júri: "Travessia", direção de Safira Moreira - Pela beleza do argumento e pelo poder de síntese ao abordar o processo de apagamento histórico da população afro-brasileira, construindo memórias repletas de afeto e significado”;
  •  - Menção Honrosa: "O Peixe", direção de Jonathas de Andrade - Pela concepção fílmica, experimentando os limites da vida e da morte na invenção de um ritual carregado de erotismo e sensibilidade”;
  •  - Prêmio Revelação: Ary Rosa e Glenda Nicácio, por "Café com Canela" - “Pelo trabalho com as dimensões cotidianas e a apresentação de personagens plurais, dialogando em diferentes planos de tempo”;



>>> JÚRI EDT. – PRÊMIO RICARDO MIRANDA DE MONTAGEM DE INVENÇÃO (composto por Eva Randolph, Fernando Vidor e Karen Harley): Pelo quarto ano consecutivo, a edt. – Associação de Profissionais de Edição Audiovisual do Rio de Janeiro - premiou a montagem de filmes da Semana dos Realizadores. O prêmio foi criado em 2014 em homenagem à Ricardo Miranda que, além de grande montador e professor, foi mestre de inúmeros profissionais que atualmente dão continuidade às suas ideias sobre montagem cinematográfica. Os vencedores foram Germano Oliveira por "Música Para Quando as Luzes se Apagam" -, Juliana Antunes e Affonso Uchôa, por "Baronesa";


>>> PRÊMIO INDIELISBOA
Quinto ano como parceiro da Semana, o IndieLisboa irá exibir, em sua programação, um dos filmes em competição, escolhido por sua equipe de curadoria. "Histórias que Nosso Cinema (Não) Contava", direção de Fernanda Pessoa;

>>> PRÊMIO AQUISIÇÃO CineBrasilTV
Pela primeira vez, o CINEBRASILTV oferecerá um prêmio-aquisição no valor de R$ 4.000,00 para curtas ou R$ 15.000,00 para longas. Vencedor: Ava Yvy Vera por "Terra do Povo do Raio", direção de Genito Gomes, Valmir Gonçalves Cabreira, Johnaton Gomes, Joilson Brites, Johnn Nara Gomes, Sarah Brites, Dulcídio Gomes e Edna Ximenes.

Fonte: Semana (via press-release)

0 comentários:

Barrage,

CRÍTICA [CINEMA] | "Barreiras", por Kal J. Moon

Dirigido por Laura Schroeder, estrelado por Isabelle Huppert, Lolita Chammah (foto) e Thémis Pauwels (foto), "Barreiras" ('Barrage') é um conflito real e alegórico vivido por três mulheres de diferentes idades mas com uma constatação em comum: não tem como deixar de pertencer à família, mesmo querendo muito.

Família, família...
Quem aprecia o cinema feito na França, sabe o que esperar de qualquer filme feito por lá: histórias cunhadas numa sensibilidade diferenciada, sem qualquer preocupação com o entendimento do espectador mas sim com a experiência - ou qualquer coisa que se assemelhe a isso... Nada contra. Mas há quem privilegie contar uma boa história mesmo seguindo esses parâmetros e esse é o principal problema de "Barreiras", filme candidato de Luxemburgo ao Oscar 2018 na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Na trama, após dez anos vivendo na Suíça, Catherine (Chammah) retorna a Luxemburgo. Durante esse período, sua mãe, Elisabeth (Huppert), foi responsável pela criação de sua filha, Alba (Pauwels). De volta para casa, Catherine entende que os papéis de cada uma dentro da família já foram determinados, mas sente que precisa lutar para ser a mãe de sua filha. Começa, então, uma jornada inquietante no complicado mundo do amor maternal, apenas para descobrir-se que, às vezes, o seu verdadeiro adversário pode ser você mesmo.

O roteiro de Marie Nimier e Laura Schroeder - em parceria com a romancista francesa Marie Nimier - talvez pudesse ser melhor explorado num livro, adicionando maiores detalhes psicológicos às personagens, de quem não se sabe muito, não são nada carismáticas e não geram qualquer empatia ou ligação emocional com o público. Embora queira criar uma ~"situação-limite", a trama não se desenvolve a contento, onde nada realmente interessante acontece - ou suficientemente forte e dramático. Diálogos pífios - que mais parecem improvisos - sem muito a oferecer, exceto a sensação de que estamos ouvindo uma nada agradável conversa alheia. A história ainda abusa de diversos simbolismos para enfatizar algumas situações-chave, porém sem muita eficácia.

A direção de fotografia não-intrusiva - comandada por Hélène Louvart - oferece ao espectador a sensação de estar participando da história, também oferecendo belas panorâmicas das paisagens de Luxemburgo.

Lolita Chammah parece se esforçar bastante para não demostrar emoção, assim como a jovem atriz Thémis Pauwels. Ambas estão corretas mas não saber muito sobre as personagens, mesmo que haja a tentativa frustrada de causar comoção em diversos momentos, acaba mais atrapalhando do que ajudando. Já Isabelle Huppert está muito bem, mesmo com pouco tempo de atuação. Merecia um espaço maior que poderia ser aproveitado dramaticamente na trama.

Indicado para quem admira um drama existencialista. Mas não se empolgue pois essa história não oferece comentário válido e não chega a nenhuma conclusão lógica ou que faça algum sentido. Pena.


Kal J. Moon pretende viajar a Luxemburgo algum dia. Que local bonito!

1 comentários:

Cine Ceará,

CRÍTICA [CINEMA] | "Ninguém Está Olhando", por Kal J. Moon

Dirigido por Julia Solomonoff e estrelado por Guillermo Pfening (foto), "Ninguém Está Olhando" mostra a luta de um viciado contra a droga mais destrutiva de todas.

Ciclos indefinidos
Tem quem defenda, com unhas e dentes, o tipo de cinema feito pelos argentinos. Sua produção é esmerada, econômica mas criativa, competente direção de fotografia, atuações acima da média e direção geral rígida. Mas seus filmes geralmente fogem do entretenimento barato que Hollywood entrega e suas histórias acabam fazendo o espectador refletir sobre a vida. "Ninguém Está Olhando" é mais um desses filmes com temas reflexivos. Mas não passa disso.

Na trama, Nico (Pfening), um ator argentino de televisão de sucesso em seu país, tenta sorte em Nova York, mas logo descobre que não encaixa no clichê do ator latino. Sua boa aparência o ajuda a esconder a solidão e a vida precária. Ele sobrevive de bicos e trabalhando como baby-sitter, cuidando do menino Theo enquanto continua a insistir em testes de elenco, buscando uma oportunidade de voltar à carreira dramática.

O ator Guillermo Pfening merece todo destaque - ganhou o prêmio de Melhor Ator no Festival de Tribeca de Nova York 2017, onde o filme foi exibido na abertura do evento - por se esforçar para mostrar o outro lado de ser um estrangeiro numa Nova York com zero glamour, onde realiza trabalhos temporários para sobreviver, consome ~"substitutos amorosos" enquanto tenta esquecer quem partiu seu coração, mesmo que esteja afundando cada vez mais num caminho tortuoso que até tem volta mas depende dele acordar.

Mas o roteiro - escrito por Christina Lazaridi e pela própria Julia Solomonoff - insiste em mostrar a rotina do protagonista repetir-se 'ad nauseam', que não é a melhor e mais eficiente forma de mostrar que ele está correndo em círculos atrás de um sonho que pode não vir a acontecer como gostaria - assim como na vida real. O grande problema é que tudo o que se vê na telona não emociona ou cativa o espectador. Os personagens não tem nada de especial - mesmo que haja curiosidade em saber como terminará essa dolorosa saga. Por três ou quatro vezes no filme é dita a sentença "Ninguém Está Olhando", em contextos diferentes mas inteiramente válidos. Mas a derradeira é justamente quando se define o cerne dessa história e o protagonista descobre a necessária solução para seus problemas, mesmo que a longo prazo: livrar-se de sua paixão e obsessão, que mais parece uma droga mais potente que qualquer psicotrópico...

Mesmo que "Ninguém Está Olhando" tenha sido o grande vencedor do Cine Ceará 2017 e recentemente esteve na Mostra Latina do Festival do Rio 2017, o filme só é válido por mostrar um lado mais realista dos estrangeiros na Terra da Liberdade - liberdade essa só se você continuar sendo serviçal e não cometer qualquer deslize - e por maturar um entendimento de que "nenhum lugar é melhor do que o nosso lar" (e lar é onde nos sentimos bem, seja onde for).


Kal J. Moon ainda não entende por que as pessoas demoram tanto a aprender com seus erros...

0 comentários:

Brooklynn Prince,

PROJETO FLÓRIDA | Filme com Willem Dafoe ganha primeiro cartaz e trailer

A atriz estreante Brooklynn Prince - de apenas 08 anos de idade, foto - é o destaque do cartaz de “Projeto Flórida”, divulgado recentemente. Além da arte (abaixo), o trailer legendado em português também foi divulgado.

>>> Clique AQUI para assistir! 
Cartaz oficial (Divulgação)

O elenco mirim também conta com Valeria Cotto e Christopher Rivera, também em seus primeiros trabalhos no cinema. O ator Willem Dafoe e a estreante Bria Vinaite são os destaques do elenco adulto.

Na trama, com a chegada do verão em Orlando, um mundo de aventura e repleto de possibilidades se abre para um grupo de crianças, liderado por uma menina (Prince) de apenas seis anos. Enquanto eles vivem as maravilhas da infância, os adultos ao seu redor lidam com tempos difíceis.


A direção é de Sean Baker, que também assina o roteiro ao lado de Chris Bergoch. Com distribuição Diamond Films no Brasil, o longa-metragem está previsto para estrear nos cinemas brasileiros no primeiro semestre de 2018.

Fonte: Diamond Films Brasil (via press-release)

0 comentários:

Cartazes,

SUBURBICON | Novo filme com Matt Damon e Juliane Moore ganha cartaz, trailer e data de estreia

Suburbicon: Bem-vindos ao Paraíso”, novo filme dirigido por George Clooney, tem data de estreia confirmada nos cinemas brasileiros: 21/12/2017. Os atores Matt Damon, Juliane Moore e Oscar Isaac são os destaques do longa-metragem, que terá distribuição nacional da Diamond Films Brasil. O novato Noah Jupe também faz parte do elenco.

>>> Clique AQUI para assistir o trailer!
Cartaz oficial (Divulgação)

O roteiro de Grant Heslov, Joel Coen e Ethan Coen e do próprio Clooney se passa em um caloroso subúrbio americano no final da década de 1950, com casas organizadas e confortáveis - um lugar perfeito para viver em família. Por trás da suposta tranquilidade, no entanto, há uma perturbadora realidade que leva o marido e pai de família Gardner Lodge (Damon) a vivenciar o lado sombrio da cidade, que inclui traições, complôs, violência e vinganças.

Fonte: Diamond Films Brasil (via press-release)

0 comentários:

#SCREAMERS,

#SCREAMERS | Terror sobre internet ganha trailer e data de estreia!

Premiado como Melhor Filme de Terror no Studio City Film Festival, nos EUA, "#SCREAMERS" une o clássico do terror com a contemporaneidade da era da internet, dos trendings topics, dos influenciadores e dos virais. O longa é dirigido por Dean Ronalds.

>>> Clique AQUI para assistir o trailer!

"Eu cresci amando filmes de Hitchcock, filmes que formavam enigmas que o público devia desvendar, com personagens densos e uma lenta antecipação da construção, mesmo sabendo que tudo acabaria mal. Eu, assim como nossa equipe inteira, trabalhei para criar isso em '#Screamers'", explica Dean Ronalds.

Na trama, os gurus da internet Tom Brennan e Chris Grabow sabem o que vende na rede. Eles transformaram seu site de vídeo viral Gigaler.com numa máquina de fazer dinheiro, principalmente com os DzScreamers, vídeos que distraem o público e depois os assustam. Funcionários de Tom e Chris receberam um incrível DzScreamer, que mostra uma jovem num túmulo e termina com algo realmente perturbador, e este torna-se o melhor e mais visto vídeo no site. Então, eles decidem se aprofundar. Depois de várias conversas com uma menina, que afirma ser a garota no vídeo, descobrem que a garota no vídeo se parece exatamente com Tara Rogers - alguém que está desaparecida há anos. É então que Tom e Chris decidem levar sua equipe em uma viagem para descobrir a verdade... o que se transforma em um verdadeiro inferno.

Tom Malloy - que também assina o roteiro ao lado de Dean Ronalds - dá vida ao protagonista. No elenco, formado por jovens atores, estão ainda Chris Bannow, Griffin Matthews e Theodora Miranne. O filme estreia em 30/11/2017 nos cinemas brasileiros.

Fonte: Cineart Filmes (via press-release)

0 comentários:

A Ciambra,

INDEPENDENT SPIRIT AWARDS 2018 | Três filmes produzidos pela RT Features concorrem na premiação!

A RT Features - produtora do brasileiro Rodrigo Teixeira - concorre a prêmios no Independent Spirit Awards, que acontece em março de 2018. A RT Features é a única produtora no mundo a ter três longas disputando troféus na premiação. "Me Chame Pelo Seu Nome", de Luca Guadagnino, lidera o número de indicações - seis, no total, incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Timothee Chalamet) e Melhor Ator Coadjuvante (Armie Hammer). "A Ciambra", filme feito em parceria com a Sikelia Productions - do diretor Martin Scorsese - disputa a categoria Melhor Diretor (Jonas Carpignano). E "Patti Cake$", de Geremy Jasper, concorre na categoria Melhor Primeiro Filme.

Aclamado pela crítica, "Me Chame Pelo Seu Nome"  mostra o romance entre um garoto de 17 anos e um pesquisador de 24 anos durante um verão na Itália. "Patti Cake$" traz Danielle Macdonald (foto) dá vida a Patricia "Killa P" Dombrowski, uma aspirante a rapper de New Jersey que sonha em fazer fama e fortuna com as suas rimas, mas, enquanto esse dia não chega, ela enfrenta o ambiente hostil e competitivo do mundo do hip-hop. E "A Ciambra" conta a história de Pio Amato, um adolescente que está com pressa de virar adulto. Aos 14 anos, ele já bebe, fuma e tenta seguir o irmão mais velho, Cosimo, por todos os lugares. Uma noite, Pio tenta provar para Cosimo que é igual ou melhor que ele, mas quando as coisas dão errado, uma série de eventos mudará para sempre a maneira como Pio vê o mundo.

Fonte: RT Features (via press-release)

0 comentários:

HBO,

SR. ÁVILA | Série recebe importante prêmio da TV mundial

A HBO Latin America recebeu seu primeiro Emmy® Internacional na noite de 21/11/2017, com a premiação da série original "Sr. Ávila" como “Melhor programa do horário nobre em língua não inglesa”.

Estamos orgulhosos de representar a América Latina nesta celebração", disse Emilio Rubio, presidente da HBO Latin America. "Este reconhecimento é, sem dúvida, a maior prova da excelente qualidade de nossas produções originais e da evolução do conteúdo para televisão na região”.

A cerimônia de premiação foi realizada em Nova York. Em nome da equipe de produção da série, o prêmio foi recebido por Roberto Ríos - vice-presidente corporativo da HBO Latin America - e Fernando Rovzar - diretor da série -, acompanhados por Tony Dalton (foto) - que interpreta o Sr. Ávila no drama -, Billy Rovzar - produtor da Lemon Films - Walter e Marcelo Slavich - roteiristas da série - e Paul Drago, diretor de produções originais e operações da HBO Latin America.

"Sr. Ávila" narra a história de um assassino que foi ganhando importância na empresa criminosa para a qual trabalha, até se tornar o "Senhor dos Senhores", deixando a vida pessoal, a felicidade e sua própria segurança em risco. A série retornará em 2018 para a quarta e última temporada, protagonizada por Tony Dalton, Carlos Aragon, Camila Selser, Michel Brown, Juan Carlos Remolina e Eduardo Arroyuelo.

Todos os episódios das três primeiras temporadas da série estão disponíveis para os assinantes das operadoras participantes na plataforma digital de entretenimento premium HBO GO, que pode ser acessada no site oficial, em qualquer dispositivo móvel (com iOS ou Android), pelo Xbox 360 (para usuários do Xbox Live) e por meio do Chromecast e Apple TV®.

Fonte: HBO (via press-release)

0 comentários:

CCXP,

CCXP 2017 | Dan Goldman lançará 'Imobiliária Sobrenatural' no evento


Quadrinista participa da quarta edição do evento, que acontece de 7 a 10 de dezembro em São Paulo, a convite da Plot! Editorial

CCXP - Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), que se tornou a maior comic con do planeta em 2016 ao reunir um público recorde de 196 mil pessoas, recebe o artista norte-americano Dan Goldman na quarta edição do evento, que acontece de 7 a 10 de dezembro no São Paulo Expo, em apresentações especiais e encontros com os fãs nos estandes da Saraiva e da Comix, atividades que terão sua programação completa divulgada em breve.

O quadrinista vem ao país a convite da Plot! Editorial, selo da Astral Cultural, para o lançamento nacional de Imobiliária Sobrenatural, obra que começou a ser produzida em 2009, quando o artista veio morar em São Paulo com sua esposa. Red Light Properties (título original em inglês da série) já vinha sendo escrita em segredo por anos, até ser hospedada pela editora americana de ficção científica Tor.com em seu próprio site e depois na Comixology, onde as obras foram lançadas pela editora IDW em 2014.


O quadrinista, produtor e escritor norte-americano começou na carreira criativa publicando suas próprias HQs. Depois, cofundou o ACT-I-VATE, um laboratório de quadrinhos online. Com a – ainda inacabada – série Kelly, passou a cocriar a HQ distópica Shooting War sobre um jornalista em uma guerra do Iraque infinita, o que lhe rendeu uma indicação ao Prêmio Eisner, o Oscar dos quadrinhos.

Ainda na vertente política, Dan trabalhou na graphic novel 08: A Graphic Diary of the Campaign Trail com o jornalista Michael Crowley, que cobriu as eleições americanas. Tornando a obra um quadrinho em tempo real e de não-ficção, trabalho que esteve em prateleiras de lojas especializadas na semana de posse do presidente americano Barack Obama. Goldman também contribui frequentemente com retratos políticos para a coluna semanal da New York Magazine.

Na época, Dan voltou para Nova York para trabalhar em Priya's Shakti, uma série de quadrinhos de realidade aumentada protagonizada por uma indiana sobrevivente de estupro como sua heroína, que logo se tornou uma sensação internacional instantânea e ainda é exibida em festivais em todo o mundo. Em 2015, a protagonista foi nomeada campeã da igualdade de gênero da UN Women, a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres na ONU.

Viajando extensivamente para a Índia ao longo desses livros, o quadrinista despertou a possibilidade de contar histórias como ferramentas para o ativismo, alinhando-se com parceiros de ONGs. Depois que Imobiliária Sobrenatural foi sondada para a televisão, Goldman se mudou para Los Angeles, onde fundou o Kinjin, um estúdio narrativo para contar histórias para o bem social. Atualmente, Dan Goldman está trabalhando em projetos transmídia, desenvolvendo trabalhos para cinema, TV, realidade aumentada, mídia digital e videogames.

"Dan Goldman vê o mundo com uma sensibilidade ímpar, e acho que é isso que faz uma história sobre um sujeito que enxerga a realidade 'do outro lado da membrana' soar tão humana. Mesmo com todos os exorcismos e viagens psicodélicas, Imobiliária Sobrenatural consegue ser um drama familiar, com muita ironia, descasos e aflições. É com muito orgulho que a Plot! lança o Goldman como nosso primeiro autor internacional", comenta Felipe Castilho, editor da Plot! Editorial.

CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), que reuniu 196 mil pessoas em 2016 e bateu o recorde de público em comic cons no mundo, terá sua quarta edição entre 7 e 1o de dezembro de 2017 no São Paulo Expo e espera receber mais de 220 mil visitantes. Os ingressos de sábado (9/12) e o pacote para os quatro dias já estão esgotados. Os ingressos para quinta, sexta, domingo, Full Experience, Unlock e Epic Experience estão à venda pelo site com preços a partir de R$ 99,99. 

Para saber mais, acesse:

www.ccxp.com.br
www.facebook.com/CCXPoficial/
www.twitter.com/CCXPoficial
www.instagram.com/ccxpoficial/

0 comentários:

Aaron Salles Torres,

QUANDO O GALO CANTAR (...) | Thriller com Fernando Alves Pinto ganha trailer e data de estreia

Uma explosiva relação familiar é o ponto de partida de “Quando o Galo Cantar Pela Terceira Vez Renegarás Tua Mãe”, primeiro longa-metragem de Aaron Salles Torres com distribuição da Elo Company tem estreia marcada para 23/11/2017.

>>> Clique AQUI para assistir o trailer!

A frase de Clarice Lispector no conto “Feliz Aniversário” – em subversão à história bíblica de Pedro, que diz não conhecer Jesus – o titulo antecipa a narrativa fragmentada e recheada de mistérios, que explora a conturbada convivência de Zaira (Catarina Abdalla, foto), uma mulher ressentida, e Inácio (Fernando Alves Pinto, foto), seu filho esquizofrênico funcional e homossexual. O clima de tensão entre Zaira e Inácio piora após a morte de Guilherme, que trabalhava como zelador no prédio há quarenta anos, garantindo assim o direito da família morar ali.

O thriller psicológico é inspirado em personagens reais, vizinhos de prédio do diretor. “Escutei aquelas discussões do meu apartamento. Por isso, demorei três anos para escrever o roteiro. Foi muito difícil me distanciar daquilo”, conta Aaron. O longa trata de temas delicados, como esquizofrenia, violência contra a mulher, aceitação de um filho gay e o despreparo do estado em assistir pessoas como essas. “Eu também quis falar sobre os marginalizados, seres invisíveis e ao mesmo tempo tão reais e presentes em nossa sociedade”, completa o cineasta.

Tema da obra, a canção “Perigos Razões” é interpretada por Ney Matogrosso, que se transforma no personagem Inácio. A letra foi composta por Aaron Salles Torres, dando voz ao personagem de Fernando Alves Pinto, que pela primeira vez consegue se expressar.

Fonte: Elo Company (via press-release)

0 comentários: