728x90 AdSpace

  • Nerd News

    quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

    CRÍTICA [CINEMA] | "O Regresso", por Andreas Cesar


    O Regresso está concorrendo a simplesmente 12 categorias do Oscar. Quando se sabe disso antes de assistir ao filme, é claro que a expectativa é alta. Muitos dizem que a expectativa é a mãe da decepção... "The Revenant", de  Alejandro González Iñárritu, prova o extremo contrário.

    O filme é completo, sendo conciso durante todos os seus 156 minutos de duração. O roteiro é raso, não se aprofundando nas histórias das personagens e tendo uma trama bem simples, contudo isso dá espaço a atuações belas em cenas longas que são impressionantes e fazem o espectador se apegar a história. Sendo assim, o roteiro simplesmente se encaixa com a proposta de Iñárritu.

    Esse longa é aquele que pode dar a Leonardo DiCaprio a estatueta dourada, e merecidamente, o ator mostra todo o seu potencial, dando tudo de si em todas as cenas que aparece, e são muitas. Se DiCaprio já estava ótimo em "O Lobo de Wall Street", "Os Infiltrados" e "Prenda-me se for capaz", em "O Regresso" o ator está impecável. Ele é carismática de modo que gostamos do seu personagem desde o início até o fim do filme.

    Não é somente a atuação de Leonardo que impressiona, os atores coadjuvantes são excepcionais e Tom Hardy merece sua indicação ao Oscar. Ao lado de Hardy temos Domhnall Gleeson, que provou neste filme estar no mesmo patamar de seu querido pai Brendan Gleeson, se continuar no caminho em que está, o ator poderá até mesmo superar seu pai. Will Poulter e Forrest Goodluck também estão bem, mas não se sobressaem no meio dos astros de "The Revenant".


    A direção do filme é impecável, e o direto de "Birdman (ou A Inesperada Virtude da Ignorância)" acertou novamente, sendo também indicado pela Academia. Alejandro conduz a trama do filme com experiência e não nos faz cansar do longa por nenhum momento, fazendo seu longo tempo de duração passar rapidamente. As locações, o figurino, a maquiagem e o design de produção também são ótimos. A edição de som do filme é empolgante, com uma trilha sonora que se encaixa com os momentos do longa. 

    Um filme que empolga e emociona, "O Regresso" merece as indicações ao Oscar e as vitórias no Globo de Ouro.



    Andreas Cesar assistiu escreveu e está na torcida pelo Leo. Ele merece o Oscar.
    • Comente no site
    • Comente no Facebook

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: CRÍTICA [CINEMA] | "O Regresso", por Andreas Cesar Rating: 5 Reviewed By: Andreas Cesar
    Scroll to Top