728x90 AdSpace

  • Nerd News

    sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

    CRÍTICA [CINEMA] | "Três Anúncios Para um Crime", por Andreas Cesar.


    Há muitos motivos que me fazem ser um verdadeiro amante de obras cinematográficas. As histórias superam a realidade em muitos momentos, e nos trazem emoções jamais vivenciadas e que são únicas para cada longa. Claro que existem filmes ruins em que não sentimos absolutamente nada, porém, quando encontramos atores incríveis encenando em um belíssimo roteiro, aí os sentimentos são dificilmente controlados - no meu caso, aquele leve sorriso demonstra minha satisfação.

    "Três Anúncios Para um Crime" é um filme que me deu o prazer de mover meus lábios em um sorriso que não foi nem um pouco leve...

    O longa tem a direção e o roteiro feitos por Martin McDonagh, e pode-se dizer que foi um trabalho muito bem realizado. Aspectos como a fotografia - em que muitas cenas acompanham os personagens de modo a nos introduzir naquela história - e a montagem - que proporciona cenas empolgantes - foram dirigidos com um olhar meticuloso, o que gerou um longa muito bem produzido e realizado.

    Frances McDormand está impecável!
    Entretanto, o que mais chama atenção no filme são as atuações. Frances McDormand está simplesmente incrível, e sem dúvida sua indicação ao Oscar de Melhor Atriz é completamente justa (se ela ganhar, não me surpreenderei). Além dela, outro indicado é Sam Rockwell, que é fenomenal e é o que mais se destaca na produção, sendo muito consistente e nos entregando uma personagem que exige uma atuação impecável, o que foi feito. Se ele não vencer o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, a injustiça será enorme.

    Outras atuações boas, mas que merecem menor destaque, são as de Woody Harrelson, Sandy Martin e Caleb Landry Jones. Esse último apresenta-se bem mais sólido e bem dirigido do que em seu papel em "Corra!", que é muito exagerado e cheio de maneirismos. O mesmo acontece com Lucas Hedges, que atuou bem melhor em "Três Anúncios Para um Crime" do que em "Lady Bird", mesmo com um papel maior em "Lady Bird". É importante lembrar que esses três filmes concorrem pelo Oscar de Melhor Filme. Na minha opinião, "Três Anúncios Para um Crime" é o melhor deles, sem sombra de dúvidas.

    A dupla Sam Rockwell e Sandy Martin
    O roteiro, apesar de simples, é tão original e bem escrito que se torna extraordinário. Ao contar a vida de uma mulher que busca justiça ao caso do assassinato e estupro de sua filha, McDonagh traz personagens cativantes que fazem que o espectador torça para que seu sucesso seja alcançado. E isso não se reduz apenas à personagem principal, mas aos secundários também (não falarei qual pois isso seria um spoiler). Os acontecimentos e desfechos são imprevisíveis, o que mostra a habilidade que o roteirista teve de me surpreender.

    Para finalizar, "Três Anúncios Para um Crime" é um filme que eu irei lembrar como excelente e, por isso, irei rever várias vezes. A junção de um roteiro fora do comum com atuações extraordinárias transformam o longa em uma experiência incrível e recheada de emoções. Creio ser difícil que alguém termine essa história sem estar envolvido com os personagens, além de triste por não poder saber mais sobre suas histórias.


    Andreas Cesar viu, criticou e admite que, em alguns momentos, aquela única gota de lágrima quis sair de seus olhos...
    • Comente no site
    • Comente no Facebook

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: CRÍTICA [CINEMA] | "Três Anúncios Para um Crime", por Andreas Cesar. Rating: 5 Reviewed By: Andreas Cesar
    Scroll to Top